TOP 5 ANABOLIZANTES QUE DÃO MAIS COLATERAIS


TOP 5 ANABOLIZANTES QUE DÃO MAIS COLATERAIS

Atenção: As mensagens contidas em todas as postagens aqui no nosso blog não possuem o objetivo de substituir orientação de um profissional (independente da sua área de atuação). O post é informativo. Qualquer rotina iniciada por conta própria é de responsabilidade do próprio.


Reforçando que esta postagem é meramente informativa, existe um jeito certo de você fazer essa utilização, que é com um profissional competente da área.


TUDO SOBRE PROPIONATO DE TESTOSTERONA

Pessoal Antes que você comece usar qualquer tipo de recurso ergogênico e gaste tubos de dinheiro em qualquer substância que você não tem garantia da procedência , sugerimos que você leia o livro digital: Guia dos venenos 2. O melhor anabolizante sempre será o conhecimento.


O E-book: Guia dos venenos 2 tem diversas informações que você poderá usar sobre:

  • Os principais recursos hormonais

  • Informações sobre TPC

  • Dicas de como começar o seu 1º ciclo

  • Anabolizantes femininos

  • e muito mais

Material totalmente dedicado a esse tema. Você aprenderá MUITO e não terá mais que ficar caçando informação pela internet.


Antes de tomar qualquer decisão sobre recursos ergogênicos sugiro que adquira esse e-book.


Está no valor de 59 reais e ainda pode ser dividido em 7x com garantia de 7 dias. Sejamos francos ,um valor ridiculamente barato e com informações ESSENCIAIS para quem realmente quer entender sobre esteroides anabolizantes de uma forma clara e objetiva.


É bem menos do que você gasta no final de semana com cerveja, por exemplo. Com a vantagem de que é um conhecimento que você terá eternamente.


Comprando o e-book você também ajuda nosso blog a crescer, então fica a dica ai para quem quer ajudar.




TOP 5 ANABOLIZANTES QUE DÃO MAIS COLATERAIS

NÚMERO 5: HALOTESTIN

Halotestin é um esteroide anabolizante que é até pouco conhecido, mas ele tem uma agressividade bastante impactante, bastante forte, é tóxico para o fígado, estraga o colesterol, porém causa um aumento de força muito acentuado. E por isso ele é pouco conhecido na musculação porque a maioria do pessoal na musculação está mais preocupado com a morfologia, ou seja, ganhar massa muscular e perder gordura, do que com a força em si.


Halotestin é uma droga que é mais utilizada pelos atletas de força - Powerlifters. Powerbuilders também utilizam bastante.


Atletas de artes marciais etc. Pessoas que estão buscando uma força bruta. Então talvez não seja tão popularmente conhecida, mas no top 5 das drogas com mais colaterais essa com certeza é o quinto lugar e merece está dentro da lista.

Efeitos colaterais do ciclo da halotestina

Quando se trata de possíveis efeitos colaterais com este esteroide, existem duas áreas principais de preocupação.


Uma é que Halotestin é um andrógeno muito potente, na verdade, possivelmente, o esteroide androgênico mais poderoso.


Em segundo lugar, está o grave impacto da toxicidade no fígado, para o qual o Halotestin é mais uma vez um dos mais potentes neste aspecto. Aqui estão os principais efeitos colaterais a serem considerados ao usar Halotestin:


Efeitos colaterais androgênicos

Com uma classificação androgênica tão substancial, não é nenhuma surpresa que os efeitos colaterais relacionados aos androgênicos também sejam extremos com Halotestin. Acne, queda de cabelo e crescimento de pelos corporais são todos efeitos androgênicos padrão.


Aqueles com predisposição genética para acne e queda de cabelo têm quase certeza de sentir esses efeitos, mas mesmo os homens com uma predisposição moderada podem se ver tendo que lidar com esses efeitos colaterais específicos com Halotestin, e este não é frequentemente o caso com outros anabolizantes esteroides.


VEJA MAIS :


Os efeitos androgênicos também são extremos para as mulheres e certamente resultarão em problemas como crescimento de pelos no corpo e voz mais grave. Esses efeitos colaterais tornam desaconselhável para qualquer mulher usar este esteroide, pois é praticamente garantido que eles ainda se desenvolvam, mesmo em doses baixas.

Efeitos colaterais estrogênicos

Um benefício bem-vindo do Halotestin é que ele não tem atividade aromatizante e, como resultado, nenhum efeito colateral estrogênico tão comum com muitos outros esteroides, como aumento dos seios masculinos (ginecoma) e retenção de água, bem como aumento da pressão arterial. A falta de aromatização é talvez o maior benefício do Halotestin, mas como podemos ver ao analisar outros efeitos colaterais, esta é a única área onde o esteroide não causa problemas negativos.

Agressão

Os esteroides anabolizantes em geral têm o estereótipo de serem uma causa de aumento da agressividade em usuários do sexo masculino.


Embora não seja necessariamente o caso de todos os esteroides, é um grande problema com o Halotestin.


Os efeitos androgênicos excepcionalmente elevados do Halotestin resultam não apenas em maior força física, mas também em um aumento na agressão geral.


O que um usuário faz com esse aumento de agressão é altamente individual: aqueles com uma natureza naturalmente calma canalizam a agressão em uma força física aprimorada na academia ou no ringue, enquanto aqueles que têm uma personalidade de "pavio curto" ou raiva quando não usam É provável que os esteroides sejam afetados de forma muito negativa pelos efeitos do Halotestin nesta área e deve-se considerar seriamente se este é um esteroide que vale a pena ser usado apenas por esse motivo.


Toxicidade hepática

Qualquer pessoa com problemas hepáticos existentes não deve tomar Halotestin de todo e mesmo aqueles com um fígado saudável precisam limitar o uso a menos de um mês. Isso ocorre porque, como um esteroide oral C17-aa Halotestin é tóxico para o fígado, mas mesmo em comparação com outros esteroides orais desse tipo, a toxicidade do Halotestin está em um nível mais grave.

É muito provável que o fígado fique muito estressado durante o uso de Halotestin e isso não pode ser evitado. Para minimizar o risco de danos permanentes, medidas devem ser tomadas, incluindo não usar quaisquer outros esteroides orais ao mesmo tempo ou por pelo menos dois meses após a interrupção de um ciclo de Halotestin, limitar o uso a não mais de 4 semanas, mas ainda menos é preferível, e evitar álcool e medicamentos que também causam estresse no fígado. Halotestin é possivelmente o esteroide mais hepatológico disponível e este problema não deve ser esquecido por ninguém que esteja considerando o uso deste composto.


Colesterol e pressão alta

Halotestin provavelmente fará com que seus níveis de colesterol HDL bom diminuam, enquanto aumenta os níveis de colesterol ruim LDL. Isso acarreta maior risco de arteriosclerose e potencial ataque cardíaco com espessamento das paredes das artérias. Muitos esteroides apresentam tais riscos em algum nível, mas Halotestin é um dos mais graves por causa de seu impacto no fígado, que ajuda a regular o colesterol.



Além de seu impacto negativo sobre o colesterol, Halotestin também pode causar hipertensão. Os efeitos do colesterol e da pressão arterial são razões importantes pelas quais o uso de Halotestin a longo prazo nunca é recomendado e os ciclos não devem durar mais do que algumas semanas. Qualquer pessoa que já tenha problemas conhecidos de pressão arterial ou colesterol deve evitar completamente o uso de Halotestin. Mesmo aqueles com níveis saudáveis ​​nessas duas áreas precisarão monitorá-los cuidadosamente para mudanças ao longo do ciclo.


Supressão de testosterona

Halotestin vem com um nível muito alto de supressão de testosterona, mais uma vez colocando este esteroide no topo dos mais potentes que existem. Halotestin irá reduzir muito a produção normal de testosterona ou até mesmo desligá-la completamente enquanto o esteroide estiver ativo no corpo.


Os usuários de Halotestin precisarão adicionar um esteroide de testosterona ao ciclo para manter os níveis de hormônio funcionando e sem esta medida você enfrentará uma série de problemas físicos e psicológicos.


A terapia pós-ciclo será necessária após o seu ciclo para restaurar a função normal da testosterona o mais rápido possível e para evitar uma queda repentina na testosterona após o fim do ciclo de esteroides. Nolvadex e HCG (gonadotrofina coriônica humana) são recomendados para uso durante a TPC por até 6 semanas.

Meu nobre amigo minha nobre amiga, antes de continuarmos, gostaria de saber se o conteúdo está bacana, se está legal. Acredito que você esteja gostando e tirando algumas dúvidas certo? Pois é, então imagine um