Posso tomar relaxante muscular após a academia? SAIBA AGORA

Se você achou que era uma boa ideia tomar um relaxante muscular no pós treino leia abaixo se vale ou não apena fazer isso.

Posso tomar relaxante muscular após o treino?

Relaxantes musculares são um grupo de medicamentos mais comumente prescritos para espasmos e dores. Isso pode ser devido a condições músculo-esqueléticas, como tensões musculares, dores de cabeça tensionais e fibromialgia.


Eles também são usados ​​para espasticidade devido a condições neurológicas, como esclerose múltipla e paralisia cerebral.


Esteja ciente dos efeitos colaterais dos relaxantes musculares, pois eles podem afetar seu treino ou torná-lo perigoso.

Pessoal, antes de continuarmos com a nossa postagem você sabem que de anda adianta fazer atividade física se não regular a boca né?!


A alimentação é a chave para ter um bumbum firme e uma barriga mais sequinha. Não adianta a gente se matara de fazer exercícios em casa, literalmente suar a camisa e não cuidar da dieta, da comida.


Então, vou convidar vocês para o projeto super especial Receitas Para Secar em 30 Dias 2.0.


Acompanhamento, desafios, projetos de alimentação regrada. Tudo detalhado e que vai ajudar você perder de 5 a 10 kg em 30 dias.


Isso já foi testado por diversas pessoas pelo Brasil, e mais que provado que funciona. Agora pensa, fazendo os exercícios e plano alimentar junto, é IMPOSSÍVEL VOCÊ NÃO CONSEGUIR O SEU OBJETIVO.

Posso tomar relaxante muscular após a academia?

Clique aqui, adquira o seu plano alimentar e vamos para luta


Um método comprovado, baseado em Receitas Poderosas jamais vistas antes, que

foram elaboradas para queimar e derreter toda a gordura corporal, localizada e indesejada em apenas 30 dias...

Não importa o quanto você tenha tentado antes,

agora vai dá certo SIM!


Agora que o jabá foi efetuado vamos para a postagem


Ao contrário dos músculos cardíacos e lisos, que são os órgãos, os músculos esqueléticos estão ligados ao esqueleto e são os músculos que você treina principalmente durante os exercícios. Como observa a Academia Americana de Médicos de Família, ou AAFP, os relaxantes musculares, também chamados de relaxantes musculares esqueléticos, são usados ​​para tratar vários problemas músculo-esqueléticos, incluindo os causados ​​por exercícios e outras atividades físicas. Relaxantes musculares geralmente são feitos para tratar de condições agudas, comuns após os treinos.



Como eles trabalham


Posso tomar relaxante muscular após a academia?

Enquanto os relaxantes musculares às vezes são usados ​​para problemas crônicos de saúde e condições agudas que incluem dor e rigidez temporárias. Quando você toma relaxantes musculares, eles trabalham nas fibras musculares e / ou nos nervos para reduzir a dor e aliviar a tensão nos músculos tensos.


Segundo o AAFP, o objetivo é melhorar a funcionalidade muscular para que você possa retomar suas atividades.


Relaxantes musculares vêm na forma de medicamentos prescritos, medicamentos vendidos sem receita e opções de tratamento natural.


Relaxantes musculares e exercícios


Embora exista pouco na literatura a favor ou contra o uso de relaxantes musculares após o treino ou durante o exercício, o bom senso deve prevalecer. O efeito colateral mais comum dos relaxantes musculares é a sonolência.


Exercitar-se sonolento pode ser perigoso ao usar equipamentos de ginástica, como esteiras, e pode causar lesões. A sonolência também pode diminuir a eficácia do seu treino, causando fadiga precoce.


Outros efeitos colaterais dos relaxantes musculares, como tonturas e perda temporária da visão, podem ser igualmente perigosos durante o exercício. Isso pode afetar seu equilíbrio e resultar em ferimentos na cabeça.


Com o desespero da dor pós treino, tem quem opte por tomar um relaxante muscular para ter uma certa paz, mas essa solução é uma boa?


A resposta é não: o melhor é deixar o remédio para lá e sentir a dor muscular como uma vitória por ter treinado. Isso porque o medicamento pode enganar seu corpo e favorecer uma lesão


Por que a dor aparece no pós-treino?


Posso tomar relaxante muscular após a academia?


A dor no pós-treino é esperada, não existe necessidade de entrar em desespero. Para o corpo melhorar a adaptação muscular e ganhar força de forma geral ele depende do processo de microlesões nas células dos músculos. "A dor vem do fato que ao fazer força na musculação, por exemplo, você faz essas pequenas feridas nas fibras musculares. A reparação dessas fibras é que gera a adaptação do músculo e o processo de hipertrofia, para ele ficar mais forte e maior. Porém, o incômodo pode deixar de ser algo comum e é melhor descansar do que seguir treinando.

Posso tomar relaxante muscular após o treino?

O alerta para a dor é se ela for assimétrica ou se demorar mais de 72 horas para passar. As dores musculares esperadas costumam aparecer em toda a musculatura treinada. Se você fez supino, por exemplo, o incômodo deve surgir em todo o peitoral. Caso a dor ocorra somente em um local específico do grupo muscular e/ou não passar, é preciso consultar um médico para ver se não houve lesão.


Os relaxantes musculares são indicados apenas para uso a curto prazo e não devem ser usados ​​por mais de duas semanas em condições músculo-esqueléticas agudas. Devido ao risco de efeitos colaterais, interações medicamentosas e dependência, os relaxantes musculares não devem ser utilizados isoladamente como tratamento para condições músculo-esqueléticas agudas.


Eles devem ser usados ​​em conjunto com outros tratamentos, como anti-inflamatórios ; ou use relaxantes musculares antes da fisioterapia.



Efeitos colaterais de relaxantes musculares


Certos relaxantes musculares, como o Flexeril, são conhecidos por terem maiores propriedades sedativas do que outros, como o Skelaxin. Até você saber como seu corpo reage aos relaxantes musculares, você não deve exercitar, dirigir ou operar máquinas pesadas.


Converse com seu médico para determinar se o exercício é apropriado para você, se estiver tomando esses medicamentos. Outros possíveis efeitos colaterais dos relaxantes musculares podem incluir irritação gastrointestinal, descoloração da urina, depressão respiratória, tontura e boca seca.


Posso tomar relaxante muscular após o treino?

Medicamentos prescritos


Os relaxantes musculares prescritos são divididos em duas categorias: antispástico e antiespasmódico. Os medicamentos antispásticos não são projetados para condições musculares esqueléticas causadas pelo exercício, mas para o tratamento de doenças crônicas, como paralisia cerebral e esclerose múltipla.


Medicamentos antiespasmódicos prescritos são apropriados para uso após um treino. Eles incluem opções como ciclobenzaprina (Flexeril), metocarbamol (Robaxin) e carisoprodol (Soma).


No entanto, o AAFP recomenda que medicamentos antiespasmódicos não devem ser os principais medicamentos de escolha. Medicamentos de venda livre são a primeira linha de tratamento recomendada.


Isso ocorre porque, de acordo com o AAFP e o Consumer Reports.org, estudos mostraram que medicamentos antiespasmódicos geralmente não são mais eficazes do que medicamentos sem receita.


Medicamentos de venda livre



Para desconforto muscular pós-treino, Consumer Reports.org cita opções de tratamento sem receita. Isso inclui analgésicos como o ibuprofeno (por exemplo, Advil, Motrin, marcas genéricas), acetaminofeno (por exemplo, Tylenol e genéricos), aspirina (por exemplo, Bayer e genéricos) e naproxeno (por exemplo, Aleve e genéricos).


Géis de calor também são uma opção. Embora os medicamentos de venda livre tenham efeitos colaterais, a maioria não está ligada a complicações perigosas, como dependência e sedação pesada, como pode ser o caso de muitos medicamentos prescritos.


Opções de tratamento natural


Posso tomar relaxante muscular após a academia?

Tratamentos à base de plantas, aromaterapia e atividades terapêuticas práticas estão entre as várias opções de tratamento natural. Por exemplo, o Centro Médico da Universidade de Maryland relata que a camomila é uma erva usada para tratar uma variedade de condições, incluindo espasmos musculares e tensão nervosa.


Camomila está disponível em chás, pomadas, cremes, extratos e pílulas. Além disso, de acordo com os remédios nativos, os óleos essenciais de gengibre, hortelã-pimenta e pinheiro podem ser usados ​​para aromaterapia no tratamento de problemas músculo-esqueléticos.


Além disso, o desconforto muscular também pode ser reduzido através de massagens e alongamentos musculares terapêuticos. Embora essas opções sejam alternativas aos medicamentos convencionais, elas também apresentam efeitos colaterais potenciais e complicações na interação medicamentosa.


Consulte seu médico antes de tomar qualquer opção de prescrição ou não, que serve como relaxante muscular.


Posso tomar relaxante muscular após o treino?

Veja também:


Então gostou dessa postagem?


SIM, NÃO , MAIS OU MENOS? Não esqueça de adquirir o 360 slim para saber mais informações como essa e ajudar o nosso blog a crescer.. Compartilhe com os amigos , mande-nos uma mensagem, siga-nos nas nossas redes sociais.


Se você gostou dessa postagem deixe seu comentário, inscreva-se no nosso canal do youtube e siga a gente no Instagram. Se quiser, entre em contato conosco para ter a sua assessoria online.