top of page

Remada Curvada Com Barra: Para que serve, Como Fazer e Músculos Trabalhados

Remada Curvada Com Barra é aquele exercício completo, quando você o faz trabalha todos os músculos do grupo muscular alvo. Falando do treino de costas, a Remada Curvada Com Barra é um dos exercícios que simplesmente não pode faltar. É fundamental para todo o seu desenvolvimento, aumentando o volume a definição das costas.


Neste artigo, o tema será a Remada Curvada Com Barra. Vamos explicar para que serve a Remada Curvada Com Barra, músculos trabalhados , como fazer, variações desse exercício e quais exercícios podem substituí-la.




O que é a Remada Curvada Com Barra:

Remada Curvada Com Barra

A remada curvada com barra é um exercício de força que serve como uma ferramenta fundamental no treinamento de resistência, popular entre atletas e entusiastas do fitness.


Este movimento dinâmico é projetado para construir força e massa muscular nas costas, bíceps e ombros, além de melhorar a postura e a estabilidade do core.


A remada curvada com barra se diferencia de outras variações de remada pelo uso da barra, que permite a manipulação de cargas mais pesadas e um padrão de movimento consistente que pode ser facilmente replicado.


Para realizar a remada curvada com barra, começa-se por segurar a barra com as mãos em uma pegada que pode variar de acordo com o conforto e os objetivos específicos do praticante. A pegada mais comum é a pronada, com as palmas das mãos voltadas para baixo, aproximadamente na largura dos ombros.


Com os joelhos levemente flexionados e as costas mantidas em uma posição neutra, inclina-se o tronco para a frente, criando um ângulo de aproximadamente 45 graus em relação ao solo, sendo esta a posição inicial do exercício.


O movimento da remada curvada com barra começa com a elevação da barra em direção ao abdômen, mantendo os cotovelos próximos ao corpo.


A concentração deve ser em puxar através dos músculos das costas, espremendo as omoplatas juntas enquanto a barra se aproxima do corpo.


Este é o ponto de máxima contração muscular e onde se deve dar especial atenção para garantir que os músculos das costas estejam realizando a maior parte do trabalho, em vez de depender do ímpeto ou do uso excessivo dos braços.


Durante a execução da remada curvada com barra, é crucial manter o controle do peso em todo o movimento.



A fase excêntrica, ou a descida da barra, não deve ser negligenciada, pois esta parte do exercício contribui significativamente para o crescimento muscular. Uma descida controlada e lenta ajuda a colocar tensão constante nos músculos trabalhados, o que é benéfico para promover hipertrofia e força.


Uma das principais vantagens da remada curvada com barra é a sua eficácia em atingir os músculos dorsais, ou latíssimo do dorso.


Quando executado corretamente, este exercício pode resultar em um desenvolvimento impressionante da espessura e força das costas, contribuindo para a melhoria da forma física geral e funcionalidade.


A remada curvada com barra também é excepcionalmente boa para alvejar os trapézios e romboides, que são cruciais para uma postura saudável.


Além de fortalecer as costas, a remada curvada com barra também trabalha intensamente os bíceps, uma vez que a ação de puxar requer a flexão do cotovelo.


A barra proporciona uma resistência uniforme que estimula o crescimento dos bíceps, tornando-os mais fortes e definidos. É importante notar que, embora os bíceps sejam envolvidos, o foco deve permanecer na utilização dos músculos das costas para garantir que eles recebam o estímulo adequado.


A estabilidade do core é outra dimensão da remada curvada com barra que não deve ser subestimada.


Ao manter o corpo firme e a coluna em uma posição neutra durante o exercício, os músculos abdominais e lombares são acionados, o que ajuda a construir um núcleo forte e resiliente.


Este fortalecimento do core é essencial não apenas para a execução de outros exercícios de musculação, mas também para realizar atividades diárias com maior segurança e eficiência.


Ao integrar a remada curvada com barra em um programa de treinamento, é essencial considerar a forma e a técnica acima de tudo. A execução incorreta não só diminui a eficácia do exercício, mas também aumenta o risco de lesões, especialmente na região lombar.


Portanto, ao incorporar este exercício, deve-se começar com um peso que permita a manutenção da técnica correta ao longo de todas as séries e repetições.


Para maximizar os benefícios da remada curvada com barra, recomenda-se a variação dos estímulos através da alteração da pegada, do ângulo do corpo e do volume de treinamento.


Isso não só promoverá o desenvolvimento muscular contínuo, mas também ajudará a evitar o tédio e estimulará o interesse e a motivação a longo prazo.


Ao manter esses princípios em mente, a remada curvada com barra pode ser um exercício extremamente valioso e eficaz para o desenvolvimento do corpo superior.




Para que serve a Remada Curvada Com Barra?

A Remada Curvada Com Barra é um exercício popular nnas academias pelo mundo justamente porque oferece vários benefícios para o desenvolvimento das costas e outros grupos musculares.

Como é um exercício de membros supewriores muito eficiente a Remada Curvada Com Barra está quase sempre na rotina de exercícios de muitos praticantes de musculação.


Aqui estão algumas das finalidades e benefícios desse exercício:

Desenvolvimento dos Músculos das Costas: A Remada Curvada é altamente eficaz para o desenvolvimento do latíssimo do dorso, o maior músculo das costas. Isso contribui para uma aparência mais larga e densa nas costas.


Aumento da Massa Muscular: Ao recrutar vários músculos das costas simultaneamente, o exercício é eficaz para o aumento da massa muscular nas regiões torácica e lombar.


Fortalecimento do Trapézio: A parte superior do trapézio é ativada durante o movimento, contribuindo para um trapézio mais desenvolvido e definido.


Trabalho dos Romboides: Os romboides, localizados entre as escápulas, são trabalhados para puxar as escápulas juntas, melhorando a postura e a estabilidade das costas.


Melhoria da Postura: Ao fortalecer os músculos das costas, a Remada Curvada pode contribuir para uma postura mais ereta, prevenindo problemas posturais.


Desenvolvimento dos Bíceps: Os bíceps são sinergistas durante o movimento, o que significa que também são ativados para auxiliar na flexão dos cotovelos. Isso contribui para o desenvolvimento dos braços.


Estímulo do Core: O exercício envolve a ativação do core para manter a estabilidade durante a execução, beneficiando os músculos abdominais e lombares.


Movimento Funcional: A Remada Curvada simula movimentos naturais de puxar, tornando-o funcional para atividades cotidianas que envolvem levantamento ou puxar objetos.


Variação na Pegada: A pegada pode ser ajustada para alvejar diferentes músculos das costas, como uma pegada mais ampla para focar no latíssimo do dorso.


Treino de Força: É um exercício composto que permite levantar cargas pesadas, sendo eficaz para o treino de força.


Certifique-se de executar a Remada Curvada com a técnica correta para maximizar esses benefícios e minimizar o risco de lesões.


Se você tiver alguma condição pré-existente ou dúvidas sobre a inclusão desse exercício em sua rotina, consulte um profissional de fitness ou um fisioterapeuta.


Músculos trabalhados na Remada Curvada:


Imagem mostrando como executar a Remada Curvada

A remada curvada é um exercício composto clássico que é amplamente utilizado para fortalecer e desenvolver vários músculos do corpo superior. Ao realizar a remada curvada com técnica adequada, você pode esperar recrutar e trabalhar um conjunto diversificado de grupos musculares, contribuindo para uma musculatura mais balanceada e uma força funcional aprimorada.


O principal grupo muscular trabalhado durante a remada curvada são os dorsais, conhecidos como latíssimo do dorso. Esses são os músculos largos de cada lado das costas que dão a aparência de "asa".


Ao puxar o peso em direção ao abdômen, os dorsais se contraem, o que ajuda a desenvolver a largura e a espessura das costas, contribuindo para a tão desejada forma de "V" do torso.

Em segundo lugar, a remada curvada tem um impacto significativo nos músculos romboides e na parte média do trapézio.


Localizados entre as omoplatas, esses músculos são responsáveis por retraí-las. Fortalecer esses músculos é crucial para a postura e saúde geral da parte superior das costas, uma vez que eles ajudam a estabilizar os ombros e reduzem o risco de lesões relacionadas à postura inadequada.


Os músculos do ombro, especialmente os deltoides posteriores, também são alvo da remada curvada. Esses músculos são frequentemente negligenciados em rotinas de treino padrão, mas são essenciais para um desenvolvimento equilibrado do ombro e para a realização de movimentos de puxar.


Ao fortalecer os deltoides posteriores, a remada curvada ajuda a equilibrar a força entre a frente e a parte de trás do corpo, o que é importante para a funcionalidade e a simetria.


Outro grupo muscular essencial que se beneficia com a remada curvada é o bíceps. Durante a fase de puxada do exercício, os bíceps brachii são intensamente recrutados para flexionar o cotovelo e trazer o peso em direção ao corpo.


Isso torna a remada curvada não apenas um exercício para as costas, mas também um movimento eficiente para o aumento da força e tamanho dos bíceps.

Além disso, os músculos eretores da espinha desempenham um papel fundamental na execução da remada curvada.


Eles trabalham isometricamente para manter a coluna em uma posição neutra durante o movimento, o que ajuda a fortalecer a região lombar e melhora a postura. Este fortalecimento é crucial, pois oferece suporte para outras atividades do dia a dia e exercícios que exigem um forte suporte lombar.


A remada curvada também envolve os músculos do antebraço, como os flexores e extensores do carpo, devido à necessidade de manter uma pegada forte no peso durante a execução do exercício. Um aperto firme é essencial para a transferência eficaz de força dos músculos das costas e braços para a barra, e o fortalecimento dos músculos do antebraço pode levar a melhorias em outros exercícios de levantamento.


Os músculos do core, incluindo os abdominais e oblíquos, também são acionados durante a remada curvada. Eles trabalham sinergicamente para estabilizar o tronco e evitar que o corpo gire ou se incline excessivamente durante o movimento.


Esta ação estabilizadora não só protege a coluna, mas também assegura que o foco do exercício permaneça nos músculos das costas.


Por último, mas não menos importante, a remada curvada pode envolver indiretamente outros músculos estabilizadores, como os glúteos e os músculos da coxa.


Eles ajudam a manter a posição do corpo durante a execução do exercício, especialmente quando é realizada com uma postura de agachamento parcial.


A ativação desses músculos adicionais torna a remada curvada não somente um exercício de fortalecimento do corpo superior, mas também um movimento funcional que pode ajudar a melhorar o desempenho atlético e a capacidade de levantar objetos pesados na vida cotidiana.


Incorporar a remada curvada em seu regime de treinamento pode resultar em ganhos significativos em força e tamanho, contribuindo para uma silhueta mais definida e melhor desempenho funcional. É fundamental, contudo, garantir que a técnica apropriada seja sempre seguida para maximizar os benefícios e minimizar o risco de lesões.


Como fazer o exercício Remada Curvada:


(créditos: Canal FISIOPREV)


A posição correta do corpo para realizar o exercício de Remada Curvada é crucial para garantir que você esteja trabalhando os músculos das costas de forma eficaz e segura. Aqui está um guia passo a passo para a posição correta do corpo:

  1. Comece em pé com os pés afastados na largura dos ombros e os dedos apontando para frente. Segure a barra com as mãos na largura dos ombros, com as palmas voltadas para baixo.

  2. Dobre os joelhos levemente e incline o tronco para a frente, mantendo as costas retas e os olhos voltados para a frente. Seu tronco deve ficar em um ângulo de cerca de 45 graus em relação ao chão.

  3. Mantenha os braços esticados enquanto levanta a barra em direção ao seu corpo, puxando com os músculos das costas. A barra deve chegar perto de seu abdômen.

  4. Mantenha seus cotovelos próximos ao corpo e seus ombros para baixo e para trás durante todo o exercício.

  5. Solte a barra e retorne à posição inicial lentamente, mantendo os músculos das costas engajados.

Lembre-se de manter a cabeça erguida e os olhos voltados para a frente durante todo o exercício. Não deixe que seus ombros caiam para a frente ou que a barra puxe seus ombros para cima. Ao seguir essas orientações, você poderá executar a Remada Curvada de forma segura e eficaz.


Para segurar a barra corretamente na Remada Curvada, coloque as mãos na largura dos ombros, com as palmas voltadas para baixo.


Certifique-se de que a barra esteja centrada em suas mãos e que suas mãos estejam posicionadas simetricamente.


Você pode usar uma pegada pronada (palmas das mãos voltadas para baixo) ou uma pegada supinada (palmas das mãos voltadas para cima), dependendo de sua preferência e da ênfase que deseja colocar em diferentes grupos musculares.


Para levantar a barra do chão, comece em uma posição ereta, com os pés na largura dos ombros e a barra posicionada na frente de você.


Incline o tronco para frente, mantendo as costas retas, e segure a barra com as mãos na posição adequada.


Em seguida, comece a levantar a barra, usando os músculos das costas para puxá-la em direção ao seu corpo. Conforme você levanta a barra, mantenha os braços estendidos e mantenha os cotovelos próximos ao corpo.


É importante lembrar de manter a posição correta do corpo ao levantar a barra. Mantenha as costas retas e os olhos voltados para a frente, com o tronco inclinado a cerca de 45 graus em relação ao chão.


Não force demais os músculos das costas ao levantar a barra, e use sempre a força das pernas e do núcleo para ajudar a manter a estabilidade e a controlar o movimento.


Com a técnica adequada, você pode levantar a barra do chão de forma segura e eficaz, preparando-se para executar a Remada Curvada.


Como é a pegada da remada curvada?


(Créditos: Canal Laércio Refundini)

A pegada na Remada Curvada pode variar dependendo dos objetivos individuais e das preferências pessoais. No entanto, aqui está uma descrição básica da pegada comum para a Remada Curvada com barra:

Posição Inicial:

  • Fique em pé com os pés na largura dos ombros.

  • Segure a barra com as mãos na largura dos ombros ou um pouco mais ampla, dependendo da preferência pessoal.

  • As palmas das mãos devem estar viradas para fora (pronação).

Distância entre as Mãos:

  • A largura da pegada pode variar, mas geralmente é ligeiramente mais ampla do que a largura dos ombros para garantir uma boa ativação dos músculos das costas.

Grip da Barra:

  • A pegada pode ser pronada (palmas viradas para fora) ou mista (uma mão pronada e outra supinada). A escolha depende da preferência pessoal e do conforto. Algumas pessoas acham que a pegada mista ajuda a reduzir a tensão nos pulsos.

Flexão dos Joelhos e Quadril:

  • Flexione levemente os joelhos e incline o tronco para a frente a partir dos quadris. Mantenha as costas retas para evitar lesões.

Escápulas e Cotovelos:

  • Antes de iniciar o movimento, retrai as escápulas (puxe as escápulas para trás) para ativar os músculos das costas.

  • Os cotovelos devem estar estendidos no início do movimento.

Execução do Movimento:

  • Puxe a barra em direção ao abdômen, mantendo os cotovelos apontados para trás e perto do corpo.

  • Mantenha o movimento controlado e evite balançar o corpo.

Amplitude de Movimento:

  • Baixe a barra até uma posição em que os braços estejam quase totalmente estendidos, mantendo a tensão nos músculos das costas.

Retorno à Posição Inicial:

  • Retorne a barra à posição inicial de maneira controlada, mantendo o controle do movimento.


Lembre-se de que a técnica adequada é crucial para a eficácia do exercício e para evitar lesões. Se você tiver dúvidas sobre a forma correta ou estiver lidando com lesões anteriores, é sempre recomendável buscar a orientação de um profissional de fitness ou fisioterapeuta.

Benefícios do exercício Remada Curvada


imagem de uma pessoa exibindo quais músculos são trabalhados na remada curvada

A Remada Curvada é um exercício altamente eficaz para o fortalecimento dos músculos das costas, bem como para o aumento da força do core. Aqui estão alguns dos principais benefícios deste exercício:


Fortalecimento dos músculos das costas:


A Remada Curvada é um exercício de treinamento de força que visa especificamente os músculos das costas. Este movimento de puxar trabalha o latíssimo do dorso, o trapézio, os músculos romboides e os eretores da espinha.


Com o tempo, o fortalecimento desses músculos pode levar a um aumento da definição muscular nas costas e a uma melhor postura.


Aumento da força do core:


Durante a execução da Remada Curvada, os músculos do core são ativados para ajudar a estabilizar o tronco e manter uma boa postura. Consequentemente, a realização regular deste exercício pode levar a um aumento da força do core e uma maior resistência a lesões lombares.


Remada Curvada é um exercício altamente eficaz para o fortalecimento dos músculos das costas.


Esses músculos são cruciais para o levantamento de peso, pois ajudam a manter uma boa postura e a estabilizar a coluna vertebral durante o levantamento.


Incorporar a Remada Curvada em sua rotina de treinamento de força pode ajudar a fortalecer os músculos das costas e melhorar o desempenho no levantamento de peso.


Melhoria da postura:


O fortalecimento dos músculos das costas e do core pode ajudar a melhorar a postura.


Uma postura correta e saudável é importante para evitar lesões nas costas, pescoço e ombros, bem como para melhorar a aparência física geral.


Aumento da força geral:


A Remada Curvada é um exercício composto, o que significa que envolve vários grupos musculares simultaneamente. Como resultado, a realização regular deste exercício pode levar a um aumento da força geral e à melhoria do desempenho em outros exercícios.


Em resumo, a Remada Curvada é um exercício altamente benéfico para o fortalecimento dos músculos das costas, do core e da postura.


Incorporá-lo em sua rotina de treinamento pode ajudar a melhorar sua saúde física e aumentar sua força geral.


Fortalecimento do core para o agachamento:


O agachamento é um exercício que requer muita força do core para manter uma boa postura e estabilizar a coluna vertebral.


A Remada Curvada pode ajudar a fortalecer os músculos do core, melhorando assim a estabilidade da coluna vertebral durante o agachamento. Incorporar a Remada Curvada em sua rotina de treinamento de força pode ajudar a melhorar o desempenho no agachamento.


Aumento geral da força:


A Remada Curvada é um exercício composto que envolve vários grupos musculares simultaneamente. Isso pode ajudar a aumentar a força geral do corpo, o que pode melhorar o desempenho em outros exercícios de treinamento de força.


Em resumo, a Remada Curvada pode ser usada para complementar outros exercícios de treinamento de força, como o levantamento de peso e o agachamento, melhorando a força e a estabilidade da coluna vertebral, bem como a força geral do corpo.


Incorporar a Remada Curvada em sua rotina de treinamento de força pode levar a melhorias significativas no desempenho de outros exercícios.


 

VEJA TAMBÉM:


 

Variações do exercício Remada Curvada


Existem várias variações do exercício de Remada Curvada que podem ser usadas para intensificar o treino e desafiar ainda mais os músculos das costas.


Aqui estão três variações populares:


Remada Curvada com halteres:

ilustração como se executa o exercício remada curvada com halteres

Esta variação é feita com dois halteres em vez de uma barra.


Segure um haltere em cada mão, fique em posição de remada curvada e execute o movimento de remada curvada com os halteres, mantendo a forma adequada.


Esta variação permite que você trabalhe cada lado do corpo de forma independente, o que pode ajudar a corrigir desequilíbrios musculares.



Remada Curvada com cabo:

Imagem mostrando como executar a Remada Curvada

Nesta variação, você usa um cabo de puxar em vez de uma barra.


Fixe o cabo em uma máquina de puxar e fique em posição de remada curvada.


Puxe o cabo em direção ao seu abdômen, mantendo a forma adequada.


Esta variação é ótima para trabalhar a resistência e permite que você mantenha a tensão constante nos músculos durante todo o movimento.





Remada Curvada com barra T:

ilustração mostrando como executar o exercício remada curvada com barra T

Esta variação é feita com uma barra em forma de T, que permite uma pegada mais ampla e um alcance mais profundo.


Segure a barra em forma de T e fique em posição de remada curvada.


Execute o movimento de remada curvada com a barra em forma de T, mantendo a forma adequada.


Esta variação é excelente para trabalhar os músculos das costas de forma mais ampla e profunda.


Lembre-se de sempre manter a forma adequada e escolher a variação adequada ao seu nível de condicionamento físico e objetivos de treinamento. Incorporar essas variações em sua rotina de treinamento de força pode ajudar a intensificar seu treino de Remada Curvada e levar a ganhos musculares adicionais.


Programa de Treinamento com Remada Curvada


Imagem mostrando como executar a Remada Curvada

Agora que você já entende a técnica da remada curvada e os benefícios associados a este exercício, é hora de montar um programa de treinamento eficaz que o ajude a fortalecer suas costas e melhorar sua postura.


Abaixo, apresentamos um exemplo de programa de treinamento com a remada curvada, adaptável a diferentes níveis de condicionamento físico.


Iniciantes:

  • Realize a remada curvada com um peso moderado para começar.

  • Execute 3 séries de 10-12 repetições.

  • Descanse 60-90 segundos entre as séries.

  • Treine as costas uma vez por semana, como parte de seu programa de treinamento completo.

Intermediários:

  • Aumente a resistência e a complexidade.

  • Faça 4 séries de 12-15 repetições.

  • Descanse 45-60 segundos entre as séries.

  • Treine as costas duas vezes por semana, com um dia dedicado à remada curvada.

Avançados:

  • Utilize pesos mais pesados e intensifique o treinamento.

  • Execute 5 séries de 15-20 repetições.

  • Mantenha o descanso curto, cerca de 30-45 segundos entre as séries.

  • Treine as costas duas a três vezes por semana, variando a intensidade em cada sessão.

A frequência ideal de treinamento das costas pode variar de acordo com os objetivos individuais, o tempo disponível e a capacidade de recuperação.


É importante garantir que haja pelo menos 48 horas de descanso entre os treinos de costas para permitir a recuperação adequada.


Para integrar a remada curvada em um programa de treinamento completo, combine-a com outros exercícios para as costas, como puxadas, levantamento terra e pull-ups.


Mantenha um diário de treinamento para monitorar seu progresso e ajustar a intensidade conforme necessário.


Lembre-se sempre de aquecer antes de cada sessão, manter a técnica adequada e dar atenção à recuperação, incluindo sono e alimentação adequados. Com dedicação e consistência, a remada curvada pode ser um componente valioso para desenvolver costas fortes e uma postura saudável.





Conclusão


A Remada Curvada é um exercício fundamental e altamente eficaz no treinamento de força, especialmente para o desenvolvimento dos músculos das costas. É uma maneira poderosa de aumentar a força e a resistência muscular, além de melhorar a postura e a estabilidade do core.


Ao incorporar a Remada Curvada em sua rotina de treinamento de força, você estará trabalhando em vários músculos importantes, incluindo os trapézios, os deltoides, os músculos das costas e os músculos do core.


Além disso, o exercício pode ser adaptado para atender às necessidades individuais de cada pessoa, tornando-se uma opção altamente versátil.


Independentemente do nível de condicionamento físico, a Remada Curvada pode ajudar a melhorar a forma física geral e a aumentar a força. No entanto, é importante lembrar sempre de executar o movimento corretamente, prestando atenção à postura e evitando lesões.


Incluir a Remada Curvada em seu treinamento de força regular pode levar a ganhos significativos em termos de força, resistência muscular e postura, tornando-o um exercício fundamental em qualquer programa de treinamento de força.


Se você está procurando adicionar um exercício eficaz e desafiador à sua rotina de treinamento de força, a Remada Curvada é uma ótima escolha.


Com seus inúmeros benefícios e possibilidades de variação, este exercício pode ajudá-lo a alcançar seus objetivos de condicionamento físico de forma eficaz.


Não tenha medo de experimentar diferentes variações da Remada Curvada, como a remada curvada com halteres, a remada curvada com cabo ou a remada curvada com barra T. Essas variações podem ajudá-lo a trabalhar músculos específicos de maneira diferente e aumentar a intensidade do seu treino.


Lembre-se sempre de executar o exercício com a forma adequada e de prestar atenção à sua postura para evitar lesões. Comece com um peso mais leve e aumente gradualmente a resistência para obter os melhores resultados.


Não perca a oportunidade de adicionar este poderoso exercício à sua rotina de treinamento de força. Experimente a Remada Curvada e experimente os benefícios incríveis que ela pode oferecer ao seu corpo e à sua saúde geral!


Lembre-se de que alcançar seus objetivos de condicionamento físico pode ser um processo desafiador, mas é um processo que vale a pena. A incorporação de exercícios como a Remada Curvada em sua rotina de treinamento de força pode ajudá-lo a chegar lá mais rapidamente, mas o verdadeiro segredo é consistência e perseverança.


Nunca desista de sua jornada de condicionamento físico. Mesmo quando as coisas parecem difíceis, continue se esforçando e trabalhando duro para alcançar seus objetivos. Lembre-se de que cada pequeno passo em direção a seus objetivos é um progresso, e cada progresso é um motivo para se orgulhar.


Por fim, se você achou este artigo útil e informativo, não hesite em compartilhá-lo com seus amigos e familiares. Juntos, podemos nos motivar e inspirar uns aos outros em nossa jornada de condicionamento físico.



 

Você pode Se Interessar por: ⤵

 

Referências:

  1. Schoenfeld BJ. The use of specialized training techniques to maximize muscle hypertrophy. Strength Cond J. 2011;33(4):60-65.

  2. Contreras B, Vigotsky AD, Schoenfeld BJ, Beardsley C, Cronin J. A comparison of gluteus maximus, biceps femoris, and vastus lateralis electromyography amplitude in the parallel, full, and front squat variations in resistance-trained females. J Appl Biomech. 2016;32(1):16-22.

  3. Gómez-López M, Gallegos AG, Pérez-Palomares JM. Muscle activation patterns during different rowing exercises. J Strength Cond Res. 2012;26(5):1371-1379.

  4. Schoenfeld BJ. The mechanisms of muscle hypertrophy and their application to resistance training. J Strength Cond Res. 2010;24(10):2857-2872.

  5. Schoenfeld BJ. Squatting kinematics and kinetics and their application to exercise performance. J Strength Cond Res. 2010;24(12):3497-3506.

Commentaires

Noté 0 étoile sur 5.
Pas encore de note

Ajouter une note
bottom of page