top of page

Elevação Lateral no Cabo: Como Fazer, o que é e Para que Serve

A Elevação Lateral no Cabo é uma variação do exercício conhecido coo elvação lateral. Como você já deve imaginar, esse exercício é feito com o auxílio da polia , o mesmo exercício que você faz o crossover. Neste artigo vamos passar detalhes para você sobre a Elevação Lateral no Cabo, como você deve fazer de forma adequada, inforamaremos os músculos trabalhados nesse exercícios e o que você deve esperar em relação a ele.


Vamos conhecer tudo sobre a Elevação Lateral no Cabo.


Para que serve a Elevação Lateral no Cabo:


Elevação Lateral no Cabo: Como Fazer, o que é e Para que Serve

A elevação lateral no cabo é um exercício que visa principalmente os músculos deltoides laterais, que compõem a parte lateral dos ombros.


Este exercício é realizado usando uma máquina de cabo ou um sistema de polia, proporcionando uma resistência constante ao longo de todo o movimento. Aqui estão alguns dos benefícios e propósitos da elevação lateral no cabo:


  1. Desenvolvimento dos Deltoides Laterais:

  • O objetivo primário da elevação lateral no cabo é fortalecer e desenvolver os músculos deltoides laterais. Essa região é fundamental para criar a largura dos ombros, proporcionando uma aparência esteticamente agradável e equilibrada.

  1. Isolamento Muscular:

  • O uso do cabo permite uma tensão constante nos deltoides laterais durante todo o movimento, proporcionando um excelente isolamento muscular. Isso é particularmente útil para quem deseja focar especificamente no desenvolvimento dessa área.

  1. Variedade no Treinamento de Ombros:

  • A elevação lateral no cabo oferece uma alternativa interessante aos exercícios tradicionais de elevação lateral com halteres. A tensão constante do cabo pode criar uma resistência mais suave e controlada.

  1. Menor Envolvimento de Músculos Auxiliares:

  • Em comparação com alguns exercícios com pesos livres, a elevação lateral no cabo tende a reduzir o envolvimento de outros músculos auxiliares. Isso permite uma concentração mais direta nos deltoides laterais.

  1. Menor Estresse nas Articulações:

  • O uso do cabo pode reduzir o estresse nas articulações, especialmente se a técnica for executada corretamente. Isso pode ser benéfico para aqueles que podem ter sensibilidade nas articulações dos ombros.

  1. Amplitude de Movimento Aumentada:

  • A configuração do cabo permite uma ampla amplitude de movimento, o que pode ajudar a maximizar a ativação muscular e a amplitude dos deltoides laterais.

  1. Trabalho Unilateral:

  • Ao realizar o exercício de forma unilateral, você tem a oportunidade de corrigir desequilíbrios musculares entre os ombros, garantindo que ambos os lados do corpo estejam se desenvolvendo de maneira equilibrada.

  1. Adaptação a Lesões ou Restrições de Movimento:

  • Para aqueles com lesões ou restrições de movimento específicas, a elevação lateral no cabo pode ser uma alternativa que permite treinar os deltoides laterais de maneira eficaz, adaptando-se às necessidades individuais.

Certifique-se de ajustar a carga de acordo com seu nível de condicionamento físico e manter uma boa forma ao executar a elevação lateral no cabo. Como sempre, consulte um profissional de fitness ou fisioterapeuta se você tiver alguma preocupação com relação à técnica ou se estiver lidando com lesões anteriores.


Músculos Trabalhados na Elevação Lateral no Cabo:


Elevação Lateral no Cabo: Como Fazer, o que é e Para que Serve

A elevação lateral no cabo é um exercício que tem como alvo principalmente os músculos deltoides laterais, que compõem a porção lateral dos ombros. No entanto, outros músculos também são envolvidos para auxiliar na execução do movimento.


Aqui estão os principais músculos trabalhados na elevação lateral no cabo:


  1. Deltoides Laterais:

  • Este é o músculo primário trabalhado. A elevação lateral no cabo enfatiza o desenvolvimento dos deltoides laterais, contribuindo para a largura e definição dos ombros.

  1. Deltoides Anteriores (Porção Frontal):

  • Embora o foco principal seja nos deltoides laterais, a porção anterior dos deltoides também é envolvida para ajudar na elevação do braço.

  1. Trapézio (Parte Superior):

  • A porção superior do trapézio, localizada na parte de trás do pescoço, é ativada para estabilizar os ombros durante o movimento.

  1. Serrátil Anterior:

  • O serrátil anterior, localizado na parte lateral da caixa torácica, é recrutado para auxiliar na elevação do braço.

  1. Músculos Estabilizadores do Ombro:

  • Diversos músculos estabilizadores do ombro, incluindo o supraespinal, o infraespinal e o redondo menor, são ativados para manter a estabilidade da articulação do ombro durante o movimento.


É importante observar que a intensidade do trabalho nos diferentes músculos pode variar dependendo da técnica utilizada, da amplitude de movimento e da posição do corpo durante a execução do exercício.


A elevação lateral no cabo é uma excelente maneira de isolar os deltoides laterais e é frequentemente incorporada a programas de treinamento destinados ao desenvolvimento dos ombros. Como em qualquer exercício, a técnica correta é crucial para otimizar os resultados e evitar lesões.



Como fazer A elevação lateral no cabo:


A elevação lateral no cabo é um exercício que visa os deltoides laterais, contribuindo para o desenvolvimento da parte externa dos ombros. Aqui está um guia passo a passo para a execução da elevação lateral no cabo:


Equipamento Necessário:

  • Máquina de cabo ou sistema de polia.

  • Pegador ou alça específica para elevação lateral.

Passos:

  1. Configuração Inicial:

  • Ajuste a altura do cabo ou polia para que fique ao nível dos ombros. Certifique-se de que o pegador ou alça está fixado de forma segura.

  1. Posição Inicial:

  • Fique em pé de frente para a máquina de cabo. Agarre o pegador ou alça com a mão mais próxima da máquina. Mantenha os pés afastados na largura dos ombros.

  1. Postura Corporal:

  • Mantenha uma postura ereta com os joelhos levemente flexionados. Mantenha o abdômen contraído para suportar a parte inferior das costas.

  1. Ângulo do Cotovelo:

  • Comece com os cotovelos levemente flexionados, mas mantenha-os quase estendidos. Isso ajudará a manter a tensão nos deltoides durante todo o movimento.

  1. Elevação Lateral:

  • Levante o braço lateral para o lado, mantendo uma ligeira flexão no cotovelo. O movimento deve ser controlado e direcionado para fora, afastando o braço do corpo. Leve o braço até a altura dos ombros ou um pouco acima.

  1. Contração e Controle:

  • No ponto mais alto, faça uma pausa breve para contrair os deltoides laterais. Evite movimentos bruscos e mantenha o controle sobre a descida.

  1. Descida Controlada:

  • Baixe o braço de volta à posição inicial de maneira controlada, mantendo a tensão nos deltoides. Evite deixar o peso cair abruptamente.

  1. Repetições e Séries:

  • Execute o número desejado de repetições para um lado antes de alternar para o outro. O número de séries dependerá do seu programa de treinamento e dos seus objetivos.

Dicas Adicionais:

  • Utilize uma carga que permita a execução controlada e uma boa forma.

  • Evite balançar o corpo para impulsionar o movimento. Isso reduzirá a eficácia do exercício.

  • Mantenha o tronco estável e os ombros para baixo, evitando elevação excessiva dos ombros.

Lembre-se sempre de adaptar a carga e a técnica de acordo com seu nível de condicionamento físico e consultar um profissional de fitness ou fisioterapeuta se você tiver alguma preocupação com a técnica ou se estiver lidando com lesões anteriores.


Variações da   Elevação Lateral no Cabo:


Elevação Lateral no Cabo: Como Fazer, o que é e Para que Serve

Existem várias variações da elevação lateral no cabo que você pode incorporar ao seu treino para variar o estímulo nos deltoides laterais. Aqui estão algumas variações que podem ser úteis:

  1. Elevação Lateral no Cabo em Pé:

  • Fique em pé de frente para a máquina de cabo e execute a elevação lateral. Mantenha uma postura estável e utilize um pegador ou alça.

  1. Elevação Lateral no Cabo Sentado:

  • Sente-se em um banco ou cadeira, de frente para a máquina de cabo, e realize a elevação lateral. Essa variação pode fornecer suporte lombar adicional.

  1. Elevação Lateral no Cabo Unilateral:

  • Utilize apenas um braço de cada vez para realizar a elevação lateral no cabo. Isso pode proporcionar um desafio adicional para a estabilidade e pode destacar eventuais desequilíbrios.

  1. Elevação Lateral no Cabo com Pegador em Pé:

  • Em vez de segurar diretamente a alça, use um pegador em pé. Isso pode alterar o ângulo do movimento e a forma como a tensão é aplicada nos deltoides.

  1. Elevação Lateral no Cabo Inclinado:

  • Ajuste a máquina de cabo para uma posição mais alta e incline o corpo para frente. Isso modifica o ângulo do movimento e coloca mais ênfase nos deltoides.

  1. Elevação Lateral no Cabo com Polegar para Baixo:

  • Alterne a posição da mão, mantendo o polegar voltado para baixo durante o movimento. Isso pode mudar a ênfase nos deltoides e nos músculos circundantes.

  1. Elevação Lateral no Cabo com Polegar para Cima:

  • Mantenha o polegar voltado para cima durante a elevação lateral. Isso também pode afetar a ativação muscular.

  1. Elevação Lateral no Cabo com Rotação Externa:

  • Execute a elevação lateral e, ao mesmo tempo, gire o braço externamente durante o movimento. Isso envolverá mais os músculos rotadores externos do ombro.

  1. Elevação Lateral no Cabo com Bandas Elásticas:

  • Use uma faixa elástica presa à máquina de cabo para fornecer resistência. Essa variação pode ser útil quando a máquina de cabo não está disponível.

  1. Elevação Lateral no Cabo Alternada:

  • Alterne entre os braços durante a elevação lateral, proporcionando uma breve pausa para o braço não envolvido enquanto o outro está sendo elevado.


Certifique-se de ajustar a carga de acordo com a variação escolhida e mantenha uma boa forma ao realizar a elevação lateral no cabo. Experimente diferentes variações para descobrir qual se adequa melhor aos seus objetivos e preferências.



Exercícios que podem Substituir a Elevação Lateral no Cabo:

Se você estiver buscando variações ou substituições para a elevação lateral no cabo, há várias opções que podem oferecer estímulo semelhante aos deltoides laterais e músculos circundantes. Aqui estão alguns exercícios que podem substituir ou complementar a elevação lateral no cabo:


  1. Elevação Lateral com Halteres:

  • Em pé, segure um haltere em cada mão ao lado do corpo e levante os braços para os lados até a altura dos ombros. Essa variação é uma alternativa eficaz para isolar os deltoides laterais.

  1. Elevação Frontal com Halteres:

  • Similar à elevação lateral, mas levante os braços para a frente. Isso coloca mais ênfase nos deltoides anteriores.

  1. Elevação Lateral na Máquina Pec Deck:

  • Utilize a máquina Pec Deck para realizar elevações laterais. Ajuste o banco e os braços da máquina para alinhar com os ombros e realize o movimento.

  1. Elevação Frontal na Máquina Pec Deck:

  • Da mesma forma, ajuste a máquina Pec Deck para realizar elevações frontais.

  1. Elevação Lateral com Faixas Elásticas:

  • Prenda uma faixa elástica em uma superfície fixa e realize elevações laterais segurando as extremidades da faixa. A resistência aumenta à medida que você levanta os braços.

  1. Elevação Frontal com Barra:

  • Segure uma barra com as palmas voltadas para baixo e levante os braços para a frente até a altura dos ombros.

  1. Elevação Lateral com Máquina de Cabos Simples:

  • Se a máquina de cabo não estiver disponível, uma máquina de cabos simples pode ser usada para realizar elevações laterais.

  1. Elevação Lateral Invertida:

  • Deite-se de bruços em um banco inclinado e realize elevações laterais invertidas. Essa posição pode mudar o ângulo do movimento.

  1. Elevação Lateral Unilateral com Halteres:

  • Realize a elevação lateral com apenas um braço de cada vez, focando em um deltoides lateral por vez.

  1. Elevação Lateral em Pé na Máquina de Cabos:

  • Em pé, use a máquina de cabos para realizar elevações laterais, mantendo os braços retos e elevando até a altura dos ombros.


Lembre-se de que a seleção de substitutos dependerá de vários fatores, incluindo seus objetivos específicos, nível de condicionamento físico e a disponibilidade de equipamentos. Experimente diferentes variações para descobrir qual se adapta melhor às suas necessidades.


Conclusão sobre a Elevação Lateral com Cabo:


A elevação lateral com cabo emerge como um exercício valioso no arsenal de treinamento para desenvolver os deltoides laterais, proporcionando uma série de benefícios que contribuem para a estética e a funcionalidade dos ombros.


Ao analisar esta variação do exercício, podemos destacar algumas conclusões importantes:


  1. Ênfase nos Deltoides Laterais:

  • A elevação lateral com cabo é altamente eficaz para isolar e trabalhar os deltoides laterais. A utilização do cabo proporciona uma resistência constante ao longo do movimento, promovendo uma ativação muscular intensa nessa região.

  1. Variedade de Ângulos e Posições:

  • A flexibilidade oferecida pelo sistema de cabo permite a execução do exercício em diferentes ângulos e posições, como em pé, sentado ou inclinado. Essa versatilidade possibilita a adaptação do movimento às necessidades individuais e à busca por diferentes estímulos musculares.

  1. Estabilidade e Controle:

  • A máquina de cabo demanda estabilidade durante o movimento, engajando os músculos estabilizadores do ombro e promovendo um controle preciso. Isso não apenas fortalece os deltoides laterais, mas também contribui para a estabilidade articular.

  1. Minimização do Envolvimento de Músculos Auxiliares:

  • Ao contrário de alguns exercícios com pesos livres, a elevação lateral com cabo pode minimizar o envolvimento de músculos auxiliares, concentrando-se mais nos deltoides laterais. Isso é benéfico para aqueles que buscam um isolamento mais preciso.

  1. Adaptação a Diferentes Níveis de Condicionamento:

  • A máquina de cabo permite uma fácil adaptação da carga, tornando-a acessível a indivíduos de diferentes níveis de condicionamento físico. A progressão gradual pode ser alcançada ajustando a resistência conforme o desenvolvimento muscular.

  1. Alternativa para Variações com Halteres:

  • Para aqueles que podem enfrentar desconforto ou restrições em exercícios com halteres, a elevação lateral com cabo oferece uma alternativa amigável às articulações, mantendo a eficácia no desenvolvimento dos deltoides laterais.

  1. Potencial para Correção de Desbalanços:

  • A execução unilateral da elevação lateral com cabo possibilita a identificação e correção de desequilíbrios musculares entre os ombros. Essa abordagem focada pode ser benéfica para um desenvolvimento simétrico.


Em conclusão, a elevação lateral com cabo é uma adição valiosa a programas de treinamento voltados para o desenvolvimento dos ombros.


Seja buscando aprimorar a estética, fortalecer a estabilidade articular ou ajustar o estímulo muscular, este exercício oferece versatilidade e eficácia para alcançar uma série de objetivos relacionados ao treinamento dos deltoides laterais.


Como em qualquer programa de exercícios, a técnica adequada e a progressão gradual são essenciais para otimizar os resultados e minimizar o risco de lesões.



Kommentare

Mit 0 von 5 Sternen bewertet.
Noch keine Ratings

Rating hinzufügen
bottom of page