top of page

Remada Sentada: Guia Básico para Fortalecer Suas Costas

A remada sentada oferece uma abordagem altamente eficaz para fortalecer os músculos das costas, os ombros e os bíceps, enquanto melhora significativamente a postura e reduz o risco de dores nas costas.


Neste guia completo, exploraremos todos os aspectos da remada sentada - desde seus inúmeros benefícios até a execução correta, variações, inclusão em seu programa de treinamento e dicas para obter o máximo de resultados.

Quando se trata de conquistar um dorso forte, musculoso e definido, a palavra-chave é clara e inequívoca: remada sentada. Este exercício é uma pedra angular em muitos programas de treinamento de fisiculturistas e entusiastas do fitness, e por uma boa razão.


Se você está pronto para transformar seu dorso e alcançar novos patamares de força e definição, você está no lugar certo. Vamos mergulhar no mundo da remada sentada e descobrir como ela pode ser a chave para o desenvolvimento de um dorso poderoso.


A Remada Sentada é um exercício de treinamento de força altamente eficaz que visa principalmente os músculos das costas. É um exercício popular e bem conhecido em academias e centros de treinamento em todo o mundo, e é frequentemente incorporado em programas de treinamento de força para melhorar a força e a resistência das costas.


Neste artigo, exploraremos os benefícios da Remada Sentada, a execução correta do exercício, suas variações e dicas para otimizar o treino. Se você está procurando um exercício para fortalecer as costas, continue lendo para descobrir tudo o que precisa saber sobre a Remada Sentada.

Remada sentada o que eu preciso saber


Remada sentada: Guia básico

A origem exata da remada sentada é desconhecida, mas é um exercício que tem sido utilizado há muito tempo na academia para trabalhar os músculos das costas, bíceps, tríceps e ombros. A remada sentada é uma variação da remada tradicional, que é realizada na posição de pé. A versão sentada permite que o indivíduo trabalhe os músculos das costas de forma mais isolada e também é mais segura para aqueles que possuem problemas nas articulações ou coluna.


A remada sentada foi popularizada pela ginástica e musculação e agora é amplamente utilizada em programas de condicionamento físico e treinamentos de força. É também comumente utilizada por atletas de diversas modalidades esportivas para melhorar a força e estabilidade nas costas.


A Remada Sentada é um exercício composto que trabalha principalmente os músculos das costas, mas também ativa os bíceps, tríceps e ombros. Ele é uma excelente opção para aumentar a força e definição muscular, além de melhorar a postura e ajudar a alinhar a coluna vertebral. O exercício pode ser realizado com barras, halteres ou máquinas de remada, permitindo adaptação para diferentes níveis de condicionamento físico.


Esse é um exercício coringa , que pode ser realizado com barras, halteres ou máquinas de remada, o que permite a adaptação do exercício para diferentes níveis de condicionamento físico.


Esse é um exercício fundamental para quem busca um treino completo para as costas. Ele trabalha principalmente a musculatura do latíssimo do dorso, que é responsável pela adução e extensão do braço, e também pode envolver os músculos do trapézio e do deltóide posterior. Além disso, a remada sentada ajuda a melhorar a postura e equilíbrio muscular, promovendo uma coluna vertebral mais saudável. Por esses motivos, é um exercício essencial para quem quer ter um treino eficiente e completo para as costas.


Músculos Trabalhados na Remada Sentada:

Remada sentada: Guia básico

A remada sentada é um exercício composto que trabalha vários grupos musculares ao mesmo tempo, sendo um elemento fundamental para o desenvolvimento de força e hipertrofia. Conhecer os músculos envolvidos na remada sentada é essencial para maximizar a eficácia do exercício e para entender os benefícios que ele pode trazer para o seu treinamento.


Primeiramente, o músculo primário trabalhado durante a remada sentada é o latíssimo do dorso, comumente conhecido como "lats". Este músculo amplo nas costas é o responsável pela aparência de asas sob os braços e é crucial para a força de puxar. Quando você realiza a remada sentada, é o latíssimo do dorso que ajuda a mover os braços para trás, trazendo o cabo ou a barra em direção ao seu torso.


Em segundo lugar, a remada sentada engaja os músculos trapézios, localizados entre os ombros e o pescoço. Estes músculos têm a função de mover, girar e estabilizar a escápula. A fase de puxar da remada sentada ativa as fibras médias e inferiores do trapézio, contribuindo para uma parte superior das costas mais forte e uma postura melhorada.


O terceiro grupo de músculos trabalhado pela remada sentada são os romboides. Situados entre as escápulas, eles são responsáveis por retraí-las. Durante a remada sentada, quando você puxa a barra em direção ao seu corpo, os romboides trabalham intensamente para aproximar as escápulas, fortalecendo a região da parte superior das costas e contribuindo para uma melhor mecânica de ombro.


Outro grupo muscular significativamente recrutado durante a remada sentada é o eretor da espinha. Embora este músculo não seja o foco principal do exercício, ele atua isometricamente para manter a coluna em uma posição neutra e estável durante o movimento. Esta ação fortalece o músculo ao longo de toda a coluna vertebral, o que é fundamental para a saúde da coluna e a prevenção de lesões.



A remada sentada também trabalha os músculos dos bíceps, incluindo o bíceps braquial, o braquial e o braquiorradial. Esses músculos do braço são responsáveis pela flexão do cotovelo, que é uma parte intrínseca do movimento de puxar realizado durante a remada sentada. Fortalecer esses músculos contribui para um melhor desempenho em outros exercícios de puxar e em tarefas diárias que exigem força de braço.


Os músculos do antebraço, incluindo os flexores e extensores, também são ativados durante a remada sentada. Eles são essenciais para manter uma pegada firme na barra ou no cabo, o que é crucial para transferir efetivamente a força do seu corpo para o movimento de puxar. Isso resulta em antebraços mais fortes e uma pegada mais potente.


Além disso, a remada sentada exige a estabilização dos músculos do core, incluindo o reto abdominal, os oblíquos e os músculos mais profundos do core, como o transverso abdominal. Esses músculos trabalham para manter a coluna estável durante o exercício, o que pode ajudar a melhorar a força do core e a resistência muscular geral.


Por fim, a remada sentada pode envolver indiretamente os músculos dos ombros, como o deltóide posterior. Embora o foco principal do exercício seja nas costas, a estabilização e a movimentação dos ombros durante a remada sentada ajudam a fortalecer este músculo, que é importante para um ombro bem arredondado e saudável.


Em resumo, a remada sentada é um exercício poderoso que trabalha uma variedade de músculos por todo o corpo. Ao entender quais músculos são ativados durante a remada sentada, você pode se concentrar na forma correta e garantir que está obtendo os máximos benefícios desse exercício multifuncional. Incorporar a remada sentada em sua rotina regular de exercícios pode levar a melhorias significativas na força, na funcionalidade e na estética do corpo.


Remada sentada benefícios


Remada sentada: Guia básico

A remada sentada é um exercício compreensivo que fortalece diversas partes do corpo, principalmente os músculos das costas. Este exercício é uma forma eficaz de construir músculos dorsais fortes e definidos, incluindo os latíssimos do dorso, trapézios e romboides.


A execução da remada sentada pode ser feita utilizando uma máquina de cabo ou um elástico de resistência, tornando-a acessível tanto em um ginásio bem equipado quanto em um ambiente doméstico.

Um dos principais benefícios da remada sentada é a sua eficácia na melhoria da postura.


Com o estilo de vida sedentário predominante na sociedade moderna, muitas pessoas sofrem com a postura comprometida devido ao tempo prolongado sentado em frente a computadores. A remada sentada ajuda a corrigir isso ao fortalecer os músculos das costas, que são vitais para manter a coluna vertebral alinhada e a postura ereta.


Além de promover uma boa postura, a remada sentada também é instrumental na prevenção de lesões. Ao fortalecer as costas e os ombros, este exercício pode diminuir o risco de lesões nessas áreas, que são comuns tanto na vida cotidiana quanto em atividades esportivas.


A estabilidade aumentada no core, que é desenvolvida durante a remada sentada, também é crucial para proteger a lombar durante movimentos de levantamento e agachamento.



Outro benefício significativo da remada sentada é o fortalecimento do core. Embora o foco principal esteja nas costas, a natureza do exercício exige que os músculos abdominais e lombares permaneçam engajados durante a execução.


Isso resulta em um treino secundário para o core, o que é benéfico para a estabilidade geral do corpo e desempenho atlético.


A remada sentada também oferece uma vantagem no que diz respeito à simetria e equilíbrio muscular.


Ao contrário de alguns exercícios para as costas que podem permitir que o lado dominante do corpo compense o mais fraco, a remada sentada assegura que ambos os lados do corpo trabalhem igualmente.


Isso é importante para prevenir desequilíbrios musculares e garantir que ambos os lados do corpo se desenvolvam de maneira uniforme.


Para os entusiastas do fitness focados em estética, a remada sentada é um exercício inestimável para o desenvolvimento de uma aparência em "V" nas costas. Com a capacidade de isolar e trabalhar intensamente os músculos dorsais, este exercício é um componente-chave para criar aquela silhueta desejada que é associada com força e saúde.


A remada sentada é também um exercício de baixo impacto, o que significa que há um risco reduzido de colocar estresse desnecessário nas articulações. Isso a torna uma opção segura para pessoas de todas as idades e níveis de condicionamento físico, incluindo aqueles que podem estar se recuperando de lesões ou que têm condições crônicas que afetam as articulações.


Por fim, a remada sentada é uma excelente opção para incorporar a variedade em um regime de treinamento de força. É um exercício versátil que pode ser facilmente modificado para se adequar a diferentes níveis de habilidade e objetivos de treinamento. Ajustando a resistência, a velocidade e a técnica, a remada sentada pode ser usada tanto para treino de força quanto para treino de resistência muscular.


Em conjunto, a remada sentada é um exercício poderoso que oferece benefícios abrangentes. Do fortalecimento muscular ao aprimoramento da postura e prevenção de lesões, é uma adição valiosa para qualquer rotina de treinamento.


A facilidade de adaptação e a baixa probabilidade de lesão ampliam seu apelo, tornando a remada sentada uma escolha favorita entre praticantes de exercício físico de vários níveis e capacidades.

Como fazer a remada sentada?


Remada sentada

A remada sentada é um exercício que visa o fortalecimento dos músculos das costas e é uma parte valiosa de qualquer rotina de treinamento de força.


Para garantir que você obtenha o máximo de benefícios deste movimento, é crucial executar a remada sentada com a técnica correta. A seguir, explicarei, em detalhes, como realizar a remada sentada de maneira eficiente e segura.


Primeiramente, para iniciar a remada sentada, você deve se posicionar corretamente. Sente-se no banco da máquina de remada com os pés apoiados firmemente no suporte frontal. Mantenha os joelhos levemente dobrados, evitando bloqueá-los durante o exercício.


É importante que você comece com a postura correta para maximizar a eficácia do exercício e minimizar o risco de lesões.


Em seguida, ajuste o peso no aparelho de acordo com o seu nível de condicionamento físico. Incline-se para a frente para agarrar o cabo ou a barra de remada sentada com as mãos.



Certifique-se de que suas mãos estejam posicionadas um pouco mais largas do que a largura dos ombros. Este posicionamento das mãos é vital para um movimento eficaz e para evitar o estresse desnecessário nas articulações dos ombros.


Ao segurar a barra, sente-se novamente com a coluna em posição neutra, o que significa que as costas devem estar retas e o core deve estar engajado. Puxe os ombros para baixo e para trás, longe das orelhas, para estabilizar a cintura escapular. Esta posição é essencial para proteger a região lombar e garantir que os músculos corretos sejam ativados durante a remada sentada.


Agora, com a postura correta, inicie o movimento da remada sentada puxando a barra em direção ao abdômen. Concentre-se em puxar os cotovelos para trás e não para fora.



Esta fase do exercício é conhecida como a fase concêntrica, onde os músculos das costas e bíceps são acionados. Respire durante esta parte do exercício, mantendo a contração dos músculos do core para estabilidade adicional.


Uma vez que a barra ou o cabo tenha tocado levemente o seu abdômen, é hora de controlar o movimento de volta à posição inicial. Esta é a fase excêntrica, que também é crucial para o desenvolvimento muscular.


Faça este movimento lentamente para um maior tempo sob tensão, o que pode contribuir para um crescimento muscular melhor. Expire enquanto retorna à posição de partida, garantindo que o movimento seja controlado e deliberado.


Durante a execução da remada sentada, mantenha a concentração nos músculos das costas. Uma dica útil é visualizar os músculos das costas contraindo a cada repetição.


Isso não só ajuda na conexão mente-músculo, mas também garante que você esteja utilizando os músculos-alvo em vez de depender do impulso ou da compensação de outros grupos musculares.


É importante também monitorar a frequência e a quantidade de peso que você utiliza na remada sentada. Ajuste o peso de modo que você possa completar o número desejado de séries e repetições com boa forma, mas que seja desafiador o suficiente para fadigar os músculos no final do seu conjunto de repetições. A progressão constante é a chave para o crescimento e melhoria contínuos.


Por fim, a consistência na prática da remada sentada é crucial para ver resultados. Incorpore este exercício em sua rotina de treinamento regularmente, mas também certifique-se de permitir o descanso adequado dos músculos para a recuperação.


Com a técnica correta e um plano de treino bem estruturado, a remada sentada pode ajudar significativamente no fortalecimento e desenvolvimento dos músculos das costas, contribuindo para uma melhor postura, desempenho atlético e saúde geral.


 

VEJA TAMBÉM:

 

variações da Remada sentada


A remada sentada é um exercício versátil que pode ser personalizado de várias maneiras para atender às suas metas de treinamento e níveis de habilidade. Vamos explorar algumas variações da remada sentada que podem ajudar a desafiar seu dorso de maneira diferente:


Remada Sentada com Barra T:


Remada sentada

Uma das variações mais populares da remada sentada é a versão com a barra T. Essa variação é uma escolha preferida entre muitos fisiculturistas e atletas, e por boas razões. Aqui está uma análise mais detalhada da remada sentada com barra T e por que ela é uma escolha sólida para desenvolver força e espessura no dorso:


  • Mais Peso, Mais Força: A principal vantagem da remada sentada com barra T é a capacidade de levantar mais peso em comparação com as variações com halteres. Isso a torna uma escolha excelente para aumentar a força e a resistência dos músculos das costas.

  • Foco na Espessura do Dorso: A barra T permite que você se concentre na construção da espessura do dorso. Ela recruta intensamente os músculos do meio das costas, incluindo o grande dorsal e os romboides, para criar um dorso largo e poderoso.

  • Amplitude de Movimento Controlada: A remada sentada com barra T proporciona uma amplitude de movimento controlada, o que significa que você pode manter um controle preciso durante todo o exercício, evitando a possibilidade de movimentos excessivos ou lesões.

Execução Correta da Remada Sentada com Barra T:

  1. Sente-se em um banco de remada sentada e ajuste a altura da máquina para que a barra fique ao alcance dos seus braços estendidos.

  2. Agarre a barra com uma pegada pronada (palmas das mãos voltadas para baixo) em uma largura um pouco maior do que a largura dos ombros.

  3. Mantenha as costas retas, o peito para fora e os ombros para trás. Esta é a sua posição inicial.

  4. Puxe a barra em direção ao seu abdômen enquanto mantém os cotovelos próximos ao corpo. Concentre-se em contrair os músculos das costas durante todo o movimento.

  5. Leve a barra de volta à posição inicial de forma controlada.

  6. Repita o movimento para o número desejado de repetições.


A remada sentada com barra T é uma adição poderosa ao seu treinamento de costas, especialmente se você está buscando desenvolver um dorso forte e espesso. Certifique-se de incluir esta variação em seu programa de treinamento de forma adequada e progressiva para colher os benefícios máximos.


Remada Sentada com Halteres:


A remada sentada com halteres é uma variação altamente eficaz desse exercício clássico. Ao utilizar halteres em vez de uma barra, você abre caminho para uma amplitude de movimento maior e desafia os músculos estabilizadores de maneira única.


Esta variação é especialmente valiosa para equilibrar o desenvolvimento do dorso e fornecer uma abordagem diferente para fortalecer seus músculos das costas. Vamos explorar mais detalhes sobre a remada sentada com halteres:

  • Amplitude de Movimento Aprimorada: Uma das maiores vantagens dessa variação é a amplitude de movimento aprimorada. O uso de halteres permite que você realize uma extensão completa dos braços, o que pode ajudar a atingir áreas musculares específicas nas costas.

  • Desafio aos Músculos Estabilizadores: Como cada braço age independentemente, a remada sentada com halteres exige um maior esforço dos músculos estabilizadores. Isso não apenas fortalece os músculos principais, mas também contribui para um melhor equilíbrio e coordenação.

  • Variedade no Treinamento: Alternar entre a remada sentada com halteres e outras variações, como a com barra T, pode fornecer uma variedade valiosa ao seu treinamento de costas. Isso ajuda a prevenir o platô de treinamento e a manter seu programa interessante.


Execução Correta da Remada Sentada com Halteres:

  1. Sente-se em um banco de remada com um haltere em cada mão. Mantenha os pés firmes no chão e os joelhos levemente flexionados.

  2. Incline-se para a frente na cintura, mantendo as costas retas e o peito para fora. Os halteres devem estar pendurados diretamente abaixo dos ombros.

  3. Segure os halteres com uma pegada pronada (palmas das mãos voltadas para baixo) e os braços estendidos.

  4. Puxe os halteres em direção aos quadris, mantendo os cotovelos próximos ao corpo. Concentre-se em contrair os músculos das costas enquanto levanta os halteres.

  5. Mantenha a posição por um segundo no topo, sentindo a contração máxima dos músculos das costas.

  6. Baixe os halteres de volta à posição inicial de forma controlada.


A remada sentada com halteres é uma excelente maneira de equilibrar seu treinamento de dorso, desenvolver força e melhorar a amplitude de movimento. Inclua esta variação em seu programa de treinamento de costas para obter resultados notáveis.


A remada sentada com pegada neutra

Remada sentada

A remada sentada com pegada neutra é uma variação altamente eficaz que direciona o trabalho para os músculos do meio das costas, proporcionando uma abordagem única para o desenvolvimento e definição da região central do dorso.


Nesta variação, as palmas das mãos ficam voltadas uma para a outra, em vez de encarar o corpo, criando um estímulo específico para músculos como os romboides e o trapézio médio. Vamos explorar em detalhes como realizar a remada sentada com pegada neutra:


  • Ênfase nos Músculos do Meio das Costas: A pegada neutra coloca uma ênfase particular nos músculos do meio das costas, como os romboides e o trapézio médio. Estes músculos desempenham um papel crucial na definição da região central do dorso.

  • Variedade no Estímulo Muscular: Incorporar a remada sentada com pegada neutra em seu treinamento de costas é uma maneira eficaz de diversificar o estímulo muscular. Isso pode ajudar a superar platôs de treinamento e promover um desenvolvimento mais equilibrado das costas.

  • Mantendo a Coluna Ereta: Ao executar este exercício, lembre-se de manter a coluna ereta, o peito para fora e os ombros para trás. Essa postura adequada é fundamental para maximizar os benefícios e evitar lesões.


Execução Correta da Remada Sentada com Pegada Neutra:


A remada sentada com pegada neutra

  1. Sente-se em um banco de remada com os pés firmes no chão e os joelhos levemente flexionados.

  2. Agarre a barra com uma pegada neutra, ou seja, as palmas das mãos voltadas uma para a outra, mantendo os braços estendidos.

  3. Incline-se para a frente na cintura, mantendo as costas retas e o peito para fora. A barra deve estar diretamente abaixo dos ombros.

  4. Puxe a barra em direção à região abdominal, mantendo os cotovelos próximos ao corpo. Concentre-se na contração dos músculos do meio das costas enquanto levanta a barra.

  5. Mantenha a posição por um segundo no topo, sentindo a contração máxima dos músculos.

  6. Baixe a barra de volta à posição inicial de forma controlada.


A remada sentada com pegada neutra é uma adição valiosa ao seu treinamento de costas, especialmente se você está buscando definição na região central do dorso. Inclua esta variação em seu programa de treinamento de forma adequada e progressiva para colher os benefícios máximos.


Remada Sentada Unilateral:


A remada sentada com pegada neutra

A remada sentada unilateral é uma variação altamente eficaz desse exercício clássico. Em vez de usar ambos os braços simultaneamente, você executa o movimento de forma unilateral, alternando entre os lados.


Essa abordagem traz benefícios significativos, como correção de desequilíbrios musculares e aprimoramento da estabilidade do tronco.


Vamos aprofundar um pouco mais sobre como realizar a remada sentada unilateral e por que ela é valiosa:

  • Correção de Desequilíbrios Musculares: Às vezes, um lado do seu dorso pode ser mais fraco ou menos desenvolvido que o outro. A remada sentada unilateral permite que você foque em cada lado separadamente, corrigindo assim possíveis desequilíbrios musculares.

  • Aprimoramento da Estabilidade: Ao trabalhar unilateralmente, você precisa estabilizar seu tronco de forma mais eficaz. Isso envolve engajar os músculos do core e os músculos estabilizadores, o que é fundamental para o desenvolvimento de uma base sólida e para prevenir lesões.

  • Variedade no Treinamento: Alternar entre a remada sentada unilateral e a versão tradicional pode trazer variedade ao seu treinamento de costas. Isso não apenas mantém seus treinos interessantes, mas também evita o platô de treinamento.

Execução Correta da Remada Sentada Unilateral:

  1. Sente-se em um banco de remada com um haltere em uma das mãos. Mantenha os pés firmes no chão e os joelhos levemente flexionados.

  2. Incline-se para a frente na cintura, mantendo as costas retas e o peito para fora. O haltere deve estar pendurado diretamente abaixo dos ombros.

  3. Segure o haltere com uma pegada pronada (palma da mão voltada para baixo) e o braço estendido.

  4. Puxe o haltere em direção ao quadril, mantendo o cotovelo próximo ao corpo. Concentre-se na contração dos músculos das costas enquanto levanta o haltere.

  5. Mantenha a posição por um segundo no topo, sentindo a contração máxima dos músculos.

  6. Baixe o haltere de volta à posição inicial de forma controlada e, em seguida, repita o movimento com o outro braço.


A remada sentada unilateral é uma adição valiosa ao seu treinamento de costas, proporcionando equilíbrio, estabilidade e a oportunidade de corrigir desequilíbrios musculares. Certifique-se de incluir esta variação em seu programa de treinamento de forma adequada e progressiva para obter os melhores resultados.


Remada Sentada com Máquina:


A remada sentada com pegada neutra

Para aqueles que estão começando no mundo do treinamento de costas, a remada sentada com máquina pode ser uma excelente opção. Muitas academias oferecem máquinas específicas para esse exercício, proporcionando um movimento mais controlado e seguro. Essa variação é especialmente útil para iniciantes que desejam dominar a técnica antes de avançar para variações mais complexas. Vamos explorar os benefícios da remada sentada com máquina:


  • Movimento Controlado: A máquina de remada sentada guia o movimento, o que significa que você tem menos probabilidade de realizar o exercício de forma incorreta. Isso é valioso para aprender a técnica adequada.

  • Menos Exigência nos Músculos Estabilizadores: Como a máquina controla a trajetória do movimento, ela exige menos esforço dos músculos estabilizadores em comparação com as variações com halteres ou barra. Isso pode ser benéfico para aqueles que estão construindo sua base de força.

  • Aprendizado da Técnica: Iniciantes podem se concentrar em aprender a técnica correta da remada sentada sem se preocupar com o equilíbrio ou com o peso dos halteres ou barra.


Execução Correta da Remada Sentada com Máquina:

  1. Sente-se na máquina de remada sentada com os pés firmemente apoiados no chão e os joelhos levemente flexionados.

  2. Agarre as alças da máquina com as mãos estendidas à sua frente.

  3. Mantenha as costas retas, o peito para fora e os ombros para trás.

  4. Puxe as alças em direção ao abdômen, concentrando-se na contração dos músculos das costas.

  5. Mantenha a posição por um segundo no topo e, em seguida, retorne as alças à posição inicial de forma controlada.

  6. Repita o movimento de acordo com o número de repetições planejado.


A remada sentada com máquina é uma excelente maneira para iniciantes desenvolverem uma base sólida antes de avançar para variações mais desafiadoras. Lembre-se de começar com um peso adequado e sempre focar na técnica correta. À medida que ganha confiança e força, você pode considerar a transição para variações mais livres com halteres ou barra.


CONCLUSÃO


Concluindo, a Remada Sentada é um exercício composto que trabalha principalmente os músculos das costas, mas também ativa os bíceps, tríceps e ombros. Ele é uma excelente opção para aumentar a força e definição muscular, além de melhorar a postura e ajudar a alinhar a coluna vertebral. O exercício pode ser realizado com barras, halteres ou máquinas de remada, permitindo adaptação para diferentes níveis de condicionamento físico.


É importante seguir algumas orientações de técnica para realizar o exercício corretamente, sempre aquecer antes e ouvir o seu corpo, evitando fazer mais do que o seu limite e causando lesões. É recomendado sempre começar com pesos leves e aumentando gradativamente conforme a sua capacidade física for aumentando.


Agora que você já sabe como fazer corretamente o exercício de Remada Sentada e como maximizar seus resultados, não deixe de compartilhar este artigo com seus amigos e familiares que estão em busca de um treino completo para as costas! Compartilhe o conhecimento e ajude a todos a alcançar seus objetivos fitness


 

Você pode Se Interessar por: ⤵

 


Referências:

  • American Council on Exercise. (n.d.). Seated One-Arm Cable Row. https://www.acefitness.org/exercise-library-details/1/93/

  • ExRx.net. (n.d.). Cable One Arm Row. https://exrx.net/WeightExercises/BackGeneral/CBOneArmRow

  • Mayo Clinic. (2020, March 17). Strength training: Get stronger, leaner, healthier. https://www.mayoclinic.org/healthy-lifestyle/fitness/in-depth/strength-training/art-20046670

  • National Academy of Sports Medicine. (n.d.). One-arm Seated Row. https://www.nasm.org/exercise-library/one-arm-seated-row

  • Schoenfeld, B. J. (2010). The use of specialized training techniques to maximize muscle hypertrophy. Strength & Conditioning Journal, 32(1), 60-65. https://journals.lww.com/nsca-scj/Abstract/2010/02000/The_Use_of_Specialized_Training_Techniques_to.11.aspx



Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page