top of page

QUANTOS EXERCÍCOS E SÉRIES FAZER POR GRUPO MUSCULAR?

Já se perguntou "Quantos exercícios por grupo muscular? " essa é uma dúvida clássica, pois ninguém quer fazer mais que o necessário ou menos que o suficiente para ter ganhamos na sua rotina de exercícios certo?


Assim sendo, no artigo de hoje vamos ver quantos exercícios por grupo muscular é o mais indicado para termos diferentes resultados. você vai saber quantos exercício de ombro deve fazer, quantos gruops musculares deve treinar por semana , quantos exercícios de quadríceps é o ideal. Enfim vamos explorar bastante esse tema de quantos exercícios por grupo muscular. Vamos lá!!



QUANTOS EXERCÍCOS E SÉRIES FAZER POR GRUPO MUSCULAR?

Quantos exercícios para um grupo muscular?Gerenciamento de Volume de Treino:


Embora ter um planejamento de exercícios seja essencial, seus exercícios não precisam ser muito complicados e certamente não precisam envolver muitos equipamentos diferentes ou fazer inúmeras séries de exercícios para músculos individuais. Nos últimos anos, muitos treinadores de força e desempenho que trabalham com atletas de ponta começaram a aplicar um método mais simples. E, como eles trabalham com pessoas que se exercitam para viver, provavelmente não é uma má ideia seguir o exemplo deles.


Determinar a quantidade ideal de exercícios para um grupo muscular é uma questão crucial no planejamento de treinos. O gerenciamento adequado do volume de treino começa com a avaliação da aplicabilidade de nove séries ao longo da semana, possibilitando uma distribuição eficaz das repetições durante os dias de treino.


Ao abordar Quantos exercícios para um grupo muscular?, é fundamental considerar o exemplo prático de três exercícios para o peito, cada um com três séries. Essa configuração totaliza 18 séries semanais, destacando a importância de equilibrar o número de exercícios e séries para otimizar o estímulo muscular.


Contudo, é crucial respeitar o limite estabelecido entre 20 a 25 séries por semana, evitando excessos que possam levar à fadiga e potencialmente causar lesões. Essa abordagem visa oferecer um direcionamento claro sobre a quantidade de exercícios a serem incluídos em um treino, assegurando um equilíbrio adequado entre intensidade e recuperação.


Portanto, ao responder à pergunta Quantos exercícios para um grupo muscular?, a ênfase recai na necessidade de personalização do volume de treino, considerando a individualidade do praticante e evitando excessos que possam comprometer o progresso e a saúde muscular.


Quantos grupos musculares treinar por semana?


(créditos: MAROMBA TV)


A frequência com que você treina cada grupo muscular por semana pode variar dependendo de vários fatores, incluindo seus objetivos, nível de condicionamento físico, e preferências pessoais. Aqui estão algumas diretrizes gerais que podem ajudar a determinar quantos grupos musculares treinar por semana:


  1. Objetivos de Treinamento:

  • Hipertrofia (Crescimento Muscular): Para aqueles que buscam principalmente o crescimento muscular, treinar cada grupo muscular duas vezes por semana pode ser eficaz. Isso permite um volume de treino suficiente para estimular o crescimento.

  • Força e Resistência: Se o objetivo é desenvolver força ou resistência, treinar cada grupo muscular pelo menos uma vez por semana pode ser suficiente, mas com maior foco na intensidade e variedade de exercícios.

  1. Nível de Condicionamento Físico:

  • Iniciantes podem se beneficiar de treinos mais frequentes para construir uma base sólida e adaptar o corpo ao estímulo do exercício.

  • Atletas avançados podem exigir mais tempo de recuperação entre os treinos de um mesmo grupo muscular devido à intensidade e volume de treino.

  1. Recuperação Individual:

  • A capacidade de recuperação varia entre indivíduos. Prestar atenção aos sinais de fadiga, dor excessiva e falta de progresso pode ajudar a ajustar a frequência de treino.

  • Descanso adequado, sono e nutrição desempenham papéis fundamentais na recuperação.

  1. Variedade de Exercícios:

  • Incorporar uma variedade de exercícios pode permitir que você treine mais frequentemente, pois diferentes movimentos envolvem diferentes músculos.

  • Evitar treinar o mesmo grupo muscular em dias consecutivos pode ajudar na recuperação.

  1. Programação de Treino:

  • Planejar uma rotina que distribua os treinos ao longo da semana pode ser eficaz. Por exemplo, um treino dividido (split) que foca em diferentes grupos musculares em dias diferentes.

  1. Escute o Seu Corpo:

  • Se sentir fadiga excessiva, dores persistentes ou falta de motivação, pode ser um sinal de que você está treinando com muita frequência. Ouça seu corpo e ajuste conforme necessário.

Em última análise, não há uma abordagem única para todos, e a melhor frequência de treino por grupo muscular pode variar de pessoa para pessoa. Experimente diferentes estratégias e observe como seu corpo responde para encontrar a frequência que funciona melhor para você.



Quantos exercícios por grupo muscular para hipertrofia?


Determinar quantos exercícios por grupo muscular para hipertrofia é uma consideração essencial ao desenvolver um programa de treinamento eficaz. A palavra-chave "Quantos exercícios para um grupo muscular?" destaca a importância de personalizar a abordagem para otimizar o crescimento muscular. Aqui estão algumas diretrizes a serem consideradas:


  1. Frequência Semanal:

  • Abordagem Frequente: Para estimular a hipertrofia, treinar cada grupo muscular pelo menos duas vezes por semana pode ser benéfico. Isso permite uma distribuição mais consistente do volume de treino.

  1. Volume de Treino:

  • Moderado a Alto: Um volume total de treino moderado a alto por semana é geralmente recomendado para hipertrofia. Isso pode incluir múltiplos exercícios para cada grupo muscular durante uma sessão de treino.

  1. Variedade de Exercícios:

  • Inclua Diversidade: Incorporar diferentes exercícios que visem o mesmo grupo muscular pode ser vantajoso. Variedade ajuda a garantir que diferentes fibras musculares sejam recrutadas.

  1. Intensidade e Fadiga Muscular:

  • Treino até a Fadiga Muscular: É crucial treinar com intensidade suficiente para atingir a fadiga muscular. Isso pode ser alcançado através de uma combinação de exercícios e técnicas de treino como drop sets, superséries e pausas.

  1. Número de Séries e Repetições:

  • Adequado às Metas Individuais: O número de séries e repetições pode variar, mas uma faixa comum para hipertrofia é de 3 a 5 séries por exercício, com 8 a 12 repetições.

  1. Descanso Adequado:

  • Recuperação entre Sessões: Certifique-se de incluir tempo adequado de recuperação entre sessões que visam o mesmo grupo muscular. Isso permite uma recuperação adequada e evita overtraining.

  1. Avaliação Individual:

  • Escute Seu Corpo: Avalie a resposta do seu corpo ao treinamento. Se sentir excesso de fadiga, dores persistentes ou falta de progresso, pode ser necessário ajustar a frequência ou o volume de treino.

Lembrando sempre que a individualidade desempenha um papel crucial. Experimente diferentes abordagens, ajuste conforme necessário e busque orientação profissional se necessário para desenvolver um plano de treinamento personalizado que atenda aos seus objetivos de hipertrofia.


Quantos exercícios de tríceps devo fazer?


(créditos: CarianiTV)


A quantidade ideal de exercícios para o tríceps pode variar de pessoa para pessoa, dependendo de vários fatores, incluindo seus objetivos, nível de condicionamento físico, e como seu corpo responde ao treinamento. No entanto, aqui estão algumas diretrizes gerais para ajudar a determinar a quantidade de exercícios de tríceps a serem incluídos em um treino:


  1. Objetivos de Treino:

  • Hipertrofia: Se o objetivo principal é o crescimento muscular (hipertrofia), considerar incluir 3 a 4 exercícios para o tríceps em seu treino. Essa variedade pode ajudar a estimular diferentes partes do músculo.

  • Força e Resistência: Se o foco for mais em desenvolver força ou resistência, 2 a 3 exercícios podem ser suficientes.

  1. Variedade de Exercícios:

  • Incluir diferentes tipos de exercícios é crucial para trabalhar diferentes partes do tríceps. Exemplos incluem:

  • Tríceps Pulley (Corda): Ótimo para a cabeça lateral do tríceps.

  • Tríceps Francês (Testa): Enfatiza a cabeça longa do tríceps.

  • Dips (Paralelas): Trabalha várias partes do tríceps e ombros.

  1. Número de Séries e Repetições:

  • Um protocolo comum seria realizar de 3 a 5 séries por exercício.

  • Para hipertrofia, a faixa de repetições pode ser de 8 a 12, mas isso pode variar dependendo do programa de treinamento.

  1. Frequência de Treino:

  • Treinar o tríceps diretamente duas vezes por semana pode ser eficaz para estimular o crescimento, mas isso pode depender da sua programação de treino global.

  1. Escute Seu Corpo:

  • Preste atenção à resposta do seu corpo. Se sentir excesso de fadiga, dor persistente ou falta de progresso, pode ser necessário ajustar o volume de treino.

  1. Incorporação em um Programa Balanceado:

  • Certifique-se de incluir exercícios para outros grupos musculares em seu treino para manter um equilíbrio muscular e evitar desequilíbrios.

  1. Aquecimento e Resfriamento Adequados:

  • Antes de começar os exercícios de tríceps, aqueça-se adequadamente para preparar os músculos.

  • Inclua alongamentos leves e rotação das articulações durante o resfriamento.


Lembre-se de que essas são diretrizes gerais, e a melhor abordagem pode variar de acordo com suas necessidades individuais. É sempre recomendável buscar orientação profissional, como a de um personal trainer ou fisioterapeuta, para desenvolver um programa de treino personalizado e seguro.



Quantos exercícios para ombro?


A quantidade ideal de exercícios para os ombros pode variar de pessoa para pessoa, dependendo de diversos fatores, como objetivos específicos, nível de condicionamento físico, experiência de treino e resposta individual do corpo. No entanto, aqui estão algumas diretrizes gerais para ajudar a determinar quantos exercícios incluir em um treino de ombros:


  1. Objetivos de Treino:

  • Desenvolvimento Muscular (Hipertrofia): Se o objetivo é o crescimento muscular, considerar incluir 3 a 4 exercícios para os ombros em seu treino.

  • Força e Resistência: Se o foco for desenvolver força ou resistência, 2 a 3 exercícios podem ser suficientes.

  1. Variedade de Exercícios:

  • Incluir uma variedade de exercícios é importante para trabalhar diferentes partes dos ombros. Exemplos incluem:

  • Desenvolvimento com Halteres ou Barra: Engaja principalmente o deltóide.

  • Elevações Laterais: Destacam a parte lateral do deltóide.

  • Elevações Frontais: Envolvem a parte frontal do deltóide.

  1. Número de Séries e Repetições:

  • Realizar de 3 a 5 séries por exercício é uma prática comum.

  • Para hipertrofia, a faixa de repetições pode variar, mas muitas vezes está entre 8 e 12.

  1. Frequência de Treino:

  • Treinar os ombros duas vezes por semana pode ser eficaz para estimular o crescimento, mas isso pode depender da sua programação de treino global.

  1. Escute Seu Corpo:

  • Preste atenção à resposta do seu corpo. Se sentir excesso de fadiga, dor persistente ou falta de progresso, pode ser necessário ajustar o volume de treino.

  1. Equilíbrio Muscular:

  • Certifique-se de incluir exercícios que trabalhem todas as partes dos ombros para manter um equilíbrio muscular. Isso inclui a porção frontal, lateral e posterior do deltóide.

  1. Aquecimento Adequado:

  • Antes de começar os exercícios de ombro, aqueça-se adequadamente para preparar os músculos.

  • Inclua movimentos que ajudem a melhorar a mobilidade das articulações do ombro.


Lembrando que essas são diretrizes gerais, e a abordagem ideal pode variar com base nas necessidades e características individuais. Consultar um profissional de fitness ou fisioterapeuta pode ser valioso para desenvolver um programa de treino personalizado e seguro.


Quantas séries no treino de perna?



(créditos: Trechos Maromba)

A quantidade ideal de séries no treino de perna pode variar dependendo de diversos fatores, incluindo seus objetivos, nível de condicionamento físico, experiência de treino e a estrutura global do seu programa de treinamento. No entanto, aqui estão algumas diretrizes gerais que podem ajudar a determinar quantas séries incluir em um treino de perna:


  1. Objetivos de Treino:

  • Hipertrofia (Crescimento Muscular): Para estimular o crescimento muscular nas pernas, um protocolo comum pode incluir de 3 a 5 séries por exercício.

  • Força e Potência: Se o objetivo é desenvolver força ou potência, uma faixa de 4 a 6 séries com cargas mais pesadas pode ser considerada.

  1. Variedade de Exercícios:

  • Incluir diferentes exercícios que trabalhem diferentes músculos das pernas é fundamental. Agachamentos, avanços, leg press e exercícios para os músculos posteriores da coxa são exemplos.

  1. Número de Exercícios:

  • O número total de séries no treino de perna dependerá do número de exercícios incluídos. Pode variar de 12 a 20 séries no total.

  1. Frequência de Treino:

  • Treinar as pernas pelo menos uma vez por semana é uma prática comum, mas alguns programas de treino mais avançados podem incluir duas vezes por semana.

  1. Intensidade e Volume:

  • Ajuste a intensidade (carga utilizada) e o volume (número total de séries e repetições) de acordo com seus objetivos e capacidade de recuperação.

  1. Descanso Adequado:

  • Certifique-se de incluir dias de descanso ou treino de outras partes do corpo entre os treinos de perna para permitir uma recuperação adequada.

  1. Escute Seu Corpo:

  • Preste atenção à resposta do seu corpo. Se sentir excesso de fadiga, dor persistente ou falta de progresso, pode ser necessário ajustar o volume de treino.

  1. Aquecimento Adequado:

  • Antes de iniciar o treino de perna, aqueça-se adequadamente para preparar os músculos e articulações.

Lembrando que essas são diretrizes gerais e a individualidade desempenha um papel crucial. Se possível, buscar orientação de um profissional de fitness ou fisioterapeuta pode ajudar a personalizar o treino de acordo com suas necessidades específicas.


Quantos exercícios fazer para quadríceps?


A quantidade de exercícios para os quadríceps pode variar com base em vários fatores, incluindo seus objetivos específicos, nível de condicionamento físico, preferências individuais e o contexto geral do seu programa de treinamento. Aqui estão algumas diretrizes gerais para ajudar a determinar quantos exercícios incluir em um treino de quadríceps:


  1. Objetivos de Treino:

  • Hipertrofia (Crescimento Muscular): Se o objetivo é o crescimento muscular nos quadríceps, considere incluir de 3 a 5 exercícios específicos para essa região em seu treino.

  • Força e Potência: Se o foco for desenvolver força ou potência, 2 a 4 exercícios podem ser suficientes, com uma ênfase em cargas mais pesadas e menor volume.

  1. Variedade de Exercícios:

  • Incluir uma variedade de exercícios é essencial para estimular diferentes partes dos quadríceps. Exemplos incluem agachamentos (frontais, tradicionais), leg press, avanços, extensões de perna, entre outros.

  1. Número de Séries e Repetições:

  • Para hipertrofia, a faixa comum é realizar de 3 a 5 séries por exercício, com repetições na faixa de 8 a 12.

  • Ajuste o número de séries e repetições com base nos seus objetivos específicos e capacidade de recuperação.

  1. Frequência de Treino:

  • Treinar os quadríceps pelo menos uma vez por semana é uma prática comum. Dependendo do seu programa de treinamento global, é possível incluir uma segunda sessão de treino para os quadríceps, se a recuperação permitir.

  1. Intensidade e Volume:

  • Ajuste a intensidade e o volume com base nos seus objetivos. Para desenvolver força, pode-se utilizar cargas mais elevadas e menor volume, enquanto para hipertrofia, a ênfase pode ser em cargas moderadas com maior volume.

  1. Descanso Adequado:

  • Certifique-se de incluir dias de descanso ou treino de outras partes do corpo entre os treinos de quadríceps para permitir uma recuperação adequada.

  1. Escute Seu Corpo:

  • Preste atenção à resposta do seu corpo. Se sentir excesso de fadiga, dor persistente ou falta de progresso, pode ser necessário ajustar o volume de treino.

  1. Aquecimento Adequado:

  • Antes de iniciar o treino de quadríceps, aqueça-se adequadamente para preparar os músculos e articulações.

Lembrando que essas são diretrizes gerais, e a individualidade desempenha um papel crucial. Ajuste as recomendações com base na sua resposta pessoal aos exercícios e na sua capacidade de recuperação. Se possível, buscar orientação de um profissional de fitness pode ajudar a personalizar o treino de acordo com suas necessidades específicas.



 

Salve salve pessoal tudo bem ? hoje vamos conversar com vocês sobre o volume de treino. É meus amigos e amigas é exatamente isso que vocês estão pensando. Quantos exercícios e quantas séries você deve fazer para cada grupo muscular e se isso se repete na semana ou não. Pessoal antes do continuarmos com a postagem gostaria de lembrar para vocês que temos uma área de membros com informações completas sobre recursos ergogênicos.


Sugerimos que você passe na nossa área de membros VIP para ter acesso a todas as informações de forma completa. O melhor anabolizante sempre será o conhecimento.

A área de membros VIP tem diversas informações que você poderá usar sobre:

  • Os principais hormônios utilizados

  • Como fazer uma Terapia Pós-Ciclo

  • Dicas de como começar o seu 1º ciclo

  • Tudo sobre Anabolizantes femininos

  • e muito mais

Material totalmente dedicado a esse tema e totalmente completo e revisada com vasta riqueza de detalhes perfeitos para você.


Você aprenderá MUITO e não terá mais que ficar caçando informação pela internet. Antes de tomar qualquer decisão sobre recursos ergogênicos sugiro que faça parte da nossa área de membros.


Está no valor de R$39,90, o que dá menos de 2 reais por dia, e ainda possui 7 dias gratuitos.


Sejamos francos, um valor ridiculamente barato e com INFORMAÇÕES ESSENCIAIS para quem realmente quer entender sobre esteroides anabolizantes de uma forma clara e objetiva.


É bem menos do que você gasta no final de semana com cerveja, por exemplo. Com a vantagem de que é um conhecimento que você terá eternamente.


Pense que com essa área de membros você economizará tempo e esforço e saberá exatamente o que poderá ser mais adequado para você, dependendo dos seus objetivos e ainda poderá trocar informações com outras pessoas que estão na mesma situação que você.


Participando da nossa área de membros você também ajuda nosso blog a crescer, então fica a dica ai para quem quer ajudar no crescimento do blog e ter informação de qualidade.


Pronto pessoal, jaba efetuado vamos voltar a postagem.


 




 

SAIBA MAIS:



 

Então gostou dessa postagem?


SIM, NÃO , MAIS OU MENOS? Compartilhe com os amigos , mande-nos uma mensagem, siga-nos nas nossas redes sociais. Se você gostou dessa postagem deixe seu comentário, inscreva-se no nosso canal do youtube e siga a gente no Instagram. Se quiser, entre em contato conosco para ter a sua assessoria online.







Commenti

Valutazione 0 stelle su 5.
Non ci sono ancora valutazioni

Aggiungi una valutazione
bottom of page