top of page

Tríceps Francês com Corda: Para que serve, variações e como fazer

O tríceps francês com corda é um exercício altamente eficaz para fortalecer e tonificar os músculos dos braços, em particular o tríceps. É uma ótima opção para quem deseja desenvolver braços mais definidos e fortes.


Neste artigo, vamos explorar em detalhes a execução correta do tríceps francês com corda, seus benefícios e como incorporá-lo ao seu treino de forma eficaz.


O tríceps é um dos maiores grupos musculares dos braços e é responsável pela maior parte da massa muscular nessa região. Ter tríceps bem desenvolvidos não só contribui para a estética, mas também melhora a força e o desempenho em outros exercícios compostos, como supino e flexões.


imagem de Tríceps Francês com Corda

O tríceps francês com corda é uma excelente maneira de direcionar especificamente o tríceps, isolando-o dos músculos vizinhos.


Ao dominar a técnica correta do tríceps francês com corda, você será capaz de maximizar os resultados e evitar lesões. Além disso, vamos explorar algumas variações do exercício para adicionar variedade ao seu treino e desafiar seus músculos de maneiras diferentes.


Independentemente do seu nível de condicionamento físico, o tríceps francês com corda é uma adição valiosa ao seu programa de treinamento de braços. Vamos começar a aprimorar sua rotina de exercícios e obter braços mais fortes e definidos!


Para que serve o exercício tríceps francês?

O exercício Tríceps Francês na corda ou polia é uma variação do Tríceps Francês tradicional realizado com equipamentos de polia alta na academia. Este movimento oferece benefícios semelhantes, com algumas características específicas:

  1. Isolamento dos Tríceps: Assim como na versão tradicional, o Tríceps Francês na corda ou polia é eficaz para isolar os músculos tríceps. A utilização da corda permite uma pegada mais flexível e uma variedade de posições das mãos, o que pode resultar em uma contração mais completa dos tríceps.

  2. Amplitude de Movimento: A corda ou polia proporciona uma amplitude de movimento mais ampla em comparação com outros equipamentos. Isso significa que você pode estender completamente os cotovelos, promovendo uma maior contração dos tríceps.

  3. Variação de Pegada: A utilização da corda permite uma variação na pegada, o que pode afetar a ativação muscular. Por exemplo, uma pegada neutra pode enfatizar diferentes áreas dos tríceps em comparação com uma pegada pronada.

  4. Envolvimento Muscular Constante: Ao utilizar a corda ou polia, você mantém uma tensão constante nos tríceps durante todo o movimento. Isso é particularmente benéfico para a hipertrofia muscular.

  5. Menor Estresse nas Articulações: O Tríceps Francês na corda ou polia geralmente coloca menos estresse nas articulações do cotovelo em comparação com alguns outros exercícios para tríceps. Isso pode ser vantajoso para pessoas que têm sensibilidade articular.

Ao realizar o Tríceps Francês na corda ou polia, é essencial focar na técnica correta. Mantenha os cotovelos estacionários, concentre-se na contração dos tríceps e execute o movimento de forma controlada.


Ajustar a altura da polia e a posição da corda pode permitir variações adicionais para atender às suas necessidades específicas. Como sempre, consulte um profissional de fitness para orientação se necessário.


Músculos trabalhados no tríceps francês corda:


O tríceps francês corda é um exercício focado no trabalho dos músculos do tríceps braquial, que é composto por três partes: cabeça longa, cabeça medial e cabeça lateral. Durante a execução correta do exercício, essas três porções do tríceps são ativadas de forma significativa.


Além do tríceps, outros músculos também desempenham um papel secundário como estabilizadores durante o movimento. Os deltoides (músculos do ombro) são recrutados para ajudar a manter os braços levantados e estáveis.


Os músculos do core, incluindo os abdominais e os músculos das costas, são ativados para fornecer estabilidade e equilíbrio durante o exercício.


No entanto, é importante ressaltar que o tríceps francês corda é um exercício isolado que tem como foco principal o trabalho do tríceps. Para um treinamento completo e equilibrado, é recomendado combinar o tríceps francês corda com outros exercícios que visem outros grupos musculares do corpo.



Execução correta do tríceps francês corda:

  1. Posição inicial: Ajuste a altura do cabo para que fique na altura dos ombros. Segure as extremidades da corda com as mãos em uma pegada pronada (palmas das mãos voltadas para baixo) e fique de costas para a máquina ou estação de cabos. Fique em pé com os pés afastados na largura dos ombros.

  2. Movimento: Mantenha os braços próximos à cabeça e os cotovelos flexionados. Mantendo os ombros fixos, estenda os cotovelos para baixo, levando as mãos em direção ao chão. Concentre-se em contrair os tríceps enquanto realiza o movimento de extensão dos cotovelos. Ao atingir a extensão completa, segure por um breve momento e, em seguida, retorne à posição inicial de forma controlada, flexionando os cotovelos.

  3. Dicas importantes: Mantenha o corpo estável, evitando balanços ou compensações com o tronco. Foque no movimento dos cotovelos, mantendo os braços próximos à cabeça durante toda a execução. Mantenha a contração dos tríceps em cada repetição, evitando movimentos rápidos ou descontrolados. Lembre-se de respirar de forma adequada durante o exercício, expirando ao estender os cotovelos e inspirando ao flexioná-los.

Ao executar o tríceps francês corda corretamente, você irá maximizar o estímulo nos músculos do tríceps, promovendo um desenvolvimento adequado e minimizando o risco de lesões.


Lembre-se de começar com uma carga adequada ao seu nível de condicionamento e progredir gradualmente, sempre buscando a técnica correta em cada repetição.


Variações do tríceps francês corda:


imagem de Tríceps Francês com Corda

  1. Tríceps francês corda em pé: Nessa variação, o exercício é realizado em pé, mantendo os braços estendidos ao longo do corpo. Essa posição permite uma maior ênfase no tríceps, pois é possível utilizar uma carga mais elevada. Além disso, a estabilidade exigida pelo corpo em pé também trabalha os músculos estabilizadores.

  2. Tríceps francês corda sentado: Nessa variação, o exercício é realizado enquanto o indivíduo está sentado em um banco ou cadeira. Essa posição permite um maior isolamento do tríceps, uma vez que o corpo está apoiado, reduzindo a participação dos músculos estabilizadores. É uma opção interessante para quem deseja focar exclusivamente no tríceps.

  3. Tríceps francês corda com inclinação: Nessa variação, o exercício é realizado com o corpo inclinado para a frente. Isso altera o ângulo de trabalho do tríceps, permitindo uma maior ênfase na cabeça medial do músculo. A inclinação também pode proporcionar uma sensação de alongamento muscular mais intensa.

É importante ressaltar que a escolha da variação do tríceps francês corda deve ser baseada nos objetivos individuais e na preferência pessoal. É recomendado experimentar diferentes variações para diversificar o estímulo muscular e evitar a estagnação nos treinos.


Sempre mantenha uma boa postura, controle o movimento e ajuste a carga de acordo com sua capacidade e conforto.


O que pode substituir o tríceps francês na corda?

Se estiver procurando uma alternativa para o Tríceps Francês na corda, há várias opções que podem ser igualmente eficazes para trabalhar os tríceps. Aqui estão algumas substituições que você pode considerar:

Tríceps Francês com Barra Reta:

  • Em vez da corda, use uma barra reta presa à polia alta. Isso oferece uma pegada diferente e pode enfocar ligeiramente os tríceps de maneira única.

Tríceps Pulley com Barra V:

  • Utilize uma barra em V na polia alta. Essa variação pode proporcionar uma pegada mais confortável e modificar ligeiramente a ativação muscular

Tríceps Pulley com Corda Longa:

  • Se a corda curta não estiver disponível, experimente usar uma corda longa para realizar o movimento. Isso pode oferecer uma amplitude de movimento diferente.

Tríceps Testa com Barra Reta ou Halteres:

  • Execute o Tríceps Testa deitado em um banco usando uma barra reta ou halteres. Isso proporciona um bom isolamento dos tríceps e trabalha especialmente a cabeça longa.

Tríceps Pulley com Pegada Invertida:

  • Alterne para uma pegada invertida (palmas das mãos viradas para cima) ao realizar o Tríceps Pulley. Essa variação pode modificar o recrutamento muscular.

Flexão Diamante:

  • A Flexão Diamante é um excelente exercício que pode substituir os exercícios de tríceps na polia. Ela pode ser feita sem equipamentos e foca intensamente nos tríceps.

Tríceps no Banco:

  • Utilize um banco para realizar o Tríceps no Banco, onde você desce e eleva o corpo em relação ao banco, enfatizando os tríceps.

Lembre-se sempre de ajustar a carga de acordo com seu nível de condicionamento físico, manter uma boa forma e variar os exercícios ao longo do tempo para promover um desenvolvimento equilibrado dos músculos tríceps.



Dicas para obter melhores resultados no tríceps francês corda:

  1. Aqueça os músculos: Antes de iniciar o exercício, é importante realizar um aquecimento adequado para preparar os músculos do tríceps e evitar lesões. Realize alguns minutos de atividade cardiovascular leve, como caminhada ou bicicleta, seguido por exercícios de alongamento específicos para os braços.

  2. Escolha a carga correta: Para obter resultados efetivos, é fundamental selecionar uma carga desafiadora, porém controlável. Utilize um peso que permita completar as repetições de forma correta e controlada, sem comprometer a técnica. Aumente gradualmente a carga à medida que sua força e resistência muscular melhorarem.

  3. Execução correta: Concentre-se na execução controlada e completa de cada repetição. Mantenha os cotovelos próximos ao corpo, contraia os tríceps e estenda completamente os braços. Evite movimentos balísticos, nos quais o impulso é usado para levantar a carga, pois isso reduzirá a eficácia do exercício. Também evite compensações, como inclinar o corpo para frente ou usar outros músculos para auxiliar no movimento.

Lembrando que a consistência é fundamental para obter resultados. Realize o tríceps francês corda regularmente, seguindo as orientações corretas e respeitando seus limites individuais.


Consulte um profissional de educação física para auxiliá-lo na execução correta do exercício e na elaboração de um programa de treinamento adequado aos seus objetivos.



 

Você Talvez se Interesse por:⤵

 

Conclusão:


O tríceps francês corda é um exercício eficaz para fortalecer e desenvolver os músculos do tríceps. Com uma execução correta e as dicas adequadas, você poderá obter ótimos resultados.


Lembre-se da importância de aquecer os músculos antes do exercício, escolher uma carga desafiadora e focar na execução controlada e completa de cada repetição.


Inclua o tríceps francês corda em seu treinamento de braços e desfrute dos benefícios de tríceps mais fortes e definidos. Lembre-se de respeitar seus limites individuais e, se necessário, buscar orientação profissional para obter um treinamento personalizado e eficaz.


Agora que você possui todas as informações necessárias, aproveite e adicione o tríceps francês corda à sua rotina de treino.


Continue se esforçando e mantenha a consistência em seus treinos para alcançar resultados satisfatórios.


Kommentarer

Gitt 0 av 5 stjerner.
Ingen vurderinger ennå

Legg til en vurdering
bottom of page