top of page

Domine os Músculos Dorsais: Um Guia Completo Sobre os Tipos de Remada

Ao adentrarmos no universo do treinamento de força, nos deparamos com uma gama de exercícios que prometem fortalecer e definir a musculatura dorsal. Entre estes, a remada se destaca como um dos movimentos fundamentais para o desenvolvimento das costas.


Os tipos de remada variam amplamente, oferecendo diferentes benefícios e estímulos musculares.


Este artigo examinará os principais tipos de remada, permitindo-lhe entender as nuances de cada variação e como elas podem se encaixar em seus objetivos de treinamento.


Desde a remada com barra até as variações com halteres e cabos, cada técnica tem um papel único na construção de um físico fortalecido e equilibrado.


Tipos de Remada com Barra


Guia Completo Sobre os Tipos de Remada

A Remada Curvada com barra é uma das mais eficazes para o desenvolvimento das costas, permitindo o uso de cargas significativas para o crescimento muscular. Com a pegada pronada, essa variação enfatiza os músculos da parte superior das costas e requer uma forte estabilização do core.


A técnica envolve manter as costas em uma posição neutra, inclinando o tronco à frente e puxando a barra em direção ao abdômen, o que ativa os latíssimos do dorso, trapézios e romboides.


A Remada Yates é uma variação que se destaca por uma pegada mais supinada e um ângulo de inclinação do tronco ligeiramente maior.


Isso não só ajuda a colocar mais ênfase na parte inferior das costas, mas também envolve mais os bíceps, tornando-a uma escolha popular para quem busca um treino mais integrado.



A postura ereta ajuda a reduzir a tensão na lombar, tornando-a uma opção mais segura para aqueles preocupados com a saúde da coluna.


Quando falamos da Remada Pendlay, referimo-nos a uma variação que visa potência e força explosiva, essencial para atletas de esportes que demandam explosão.


A barra é levantada do chão a cada repetição, o que requer uma técnica apurada e uma execução rápida e controlada. É um exercício que também contribui para a melhoria da postura e da mecânica do levantamento terra e outros movimentos compostos.


Por último, a Remada com Barra T concentra-se em isolar as costas ao limitar a participação dos membros inferiores. Esta variação é benéfica para aqueles que desejam focar estritamente na musculatura das costas sem o risco de compensação por outras áreas.


A posição das mãos e a trajetória da barra podem ser facilmente ajustadas para atingir diferentes partes das costas, tornando este exercício altamente personalizável conforme as necessidades do praticante.


Remada com Halteres e Suas Variantes


Guia Completo Sobre os Tipos de Remada

A Remada com Halteres é fundamental para o treinamento unilateral, o que ajuda a garantir que ambos os lados do corpo trabalhem igualmente, promovendo um desenvolvimento muscular equilibrado.


Esta variação permite uma maior liberdade de movimento, que pode levar a uma maior contração muscular e a uma gama de movimento mais completa, essencial para o crescimento das fibras musculares.


Dentro das variações com halteres, a Remada Unilateral é particularmente eficaz para focar em cada lado do corpo separadamente. A estabilização do core é crucial aqui, pois enquanto um lado está trabalhando, o outro lado deve manter o corpo alinhado e estável.


Esta variação não só constrói força nas costas, mas também melhora a estabilidade funcional e a força do core.


A Remada Renegada, por sua vez, é uma fusão de remada e prancha. Esta variação desafia o equilíbrio, a estabilidade do core e a força total do corpo.


Cada repetição requer que o praticante mantenha uma prancha enquanto realiza uma remada unilateral, o que aumenta a intensidade do exercício e o torna uma escolha eficaz para treinos de força e condicionamento.


Enquanto isso, a Remada Inclinada com Halteres coloca o atleta em uma posição inclinada, o que isola ainda mais os músculos das costas e reduz a possibilidade de impulso. Esta é uma ótima opção para quem quer minimizar o risco de lesões e focar na técnica precisa.


Com essa variação, é possível trabalhar a musculatura das costas de maneira intensa, controlando completamente o movimento e a sobrecarga aplicada.


Remada em Máquinas e Cabos


Guia Completo Sobre os Tipos de Remada

A Remada Sentada em Máquina é uma excelente opção para quem inicia na musculação, pois ajuda a aprender o movimento correto com um risco reduzido de lesão.


O movimento guiado da máquina assegura a execução correta, permitindo que o atleta se concentre na contração das costas e na técnica sem se preocupar com a estabilização do exercício, tornando-o mais acessível para todos os níveis de condicionamento físico.


Avançando para a Remada T-Bar em Máquina, esta variação simula o exercício livre, mas com um controle maior, reduzindo o risco de lesão na lombar devido à postura fixa que mantém durante o exercício.


A Remada T-Bar é particularmente eficaz para atingir os latíssimos do dorso, e a máquina proporciona uma maneira segura de aumentar a intensidade sem comprometer a forma.


A Remada com Cabos, por outro lado, oferece uma resistência constante ao longo de todo o movimento, o que pode ser particularmente vantajoso para manter a tensão muscular e estimular o crescimento.


A flexibilidade dos cabos permite ajustar a altura e a posição das mãos, o que pode ajudar a direcionar o estímulo para diferentes partes das costas, tornando-o um exercício altamente versátil.


Por fim, a execução da Remada com Cabos em Pé oferece um desafio adicional para o core e os estabilizadores do corpo, pois você não está mais ancorado em uma máquina ou banco.


Esta variação requer uma base sólida e ativação do core ao longo de todo o exercício, tornando-o uma opção eficiente para aqueles que buscam fortalecer as costas e, simultaneamente, melhorar a estabilidade e a força funcional do corpo inteiro.


Conclusão: Selecionando os Tipos de Remada para Seu Treino


Em última análise, a seleção dos tipos de remada para incluir em seu regime de treino deve ser baseada em seus objetivos específicos, experiência de treino, disponibilidade de equipamentos e considerações pessoais de saúde.


Cada tipo de remada possui atributos únicos que podem ajudar a fortalecer as costas, melhorar a postura e aumentar a força geral. Experimentar com diferentes tipos de remada não só mantém o treino empolgante e desafiador, mas também assegura um desenvolvimento muscular completo e equilibrado.


Lembre-se, a técnica correta e uma progressão consciente são fundamentais para aproveitar ao máximo os benefícios desses exercícios e para evitar lesões.


Portanto, independente de escolher a remada com barra, halteres, cabos ou máquinas, o importante é manter as costas em ação e rumar em direção a um treino de sucesso.


コメント

5つ星のうち0と評価されています。
まだ評価がありません

評価を追加
bottom of page